PSG dobra segurança no clube e coloca guarda-costas para Neymar

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris

  • Benjamin Cremel/AFP

Neymar em Paris tem rotina de chefe de Estado. Ainda hospedado em hotel no centro da cidade, o brasileiro convive com a presença de um guarda-costas por todos os lados. A segurança do Paris Saint-Germain também foi reforçada em treinamentos por conta do novo camisa 10.

Neymar já está há 19 dias no Le Royal Monceau de Paris, luxuoso estabelecimento localizado em área nobre, a apenas 500 metros do Arco do Triunfo, ponto turístico da cidade. E por lá também estão hospedados dois seguranças contratados pelo PSG para seguir os passos do jogador.

A figura do guarda-costas é feita em um revezamento entre os dois seguranças. Neymar só se desloca pela cidade em uma van guiada por um motorista particular – outro contratado pelo clube. E sempre com a presença de um dos dois seguranças no veículo.

Ainda em busca de uma casa, Neymar seguirá com a mesma rotina ao lado de um guarda-costas enquanto estiver no hotel. O PSG, responsável pelo pagamento da diária do jogador, não pretende seguir com a figura de um segurança 24 horas após o jogador realizar a mudança.

Por conta de Neymar, o PSG também passou de 12 para 24 o número de seguranças nos treinamentos do clube na região de Saint-Germain. Na visão do clube, o assédio ao local vai aumentar consideravelmente com a presença do brasileiro.

Até lutador do UFC fez segurança de Neymar

O PSG acionou uma empresa de seguranças em Paris para cuidar de Neymar. O mesmo procedimento já havia sido usado pelo clube quando o brasileiro passou três dias de viagem de lazer em Saint-Tropez, no sul da França, no início do mês.

Por lá, quem realizou a segurança particular de Neymar foi o francês Nordine Taleb, lutador do UFC. Ele é nascido na região e foi visto ao lado do jogador em fotos divulgadas nas redes sociais.

O francês já disputou 17 lutas na carreira, tendo 13 vitórias e quatro derrotas. No UFC, ele ganhou cinco combates e perdeu dois. O lutador se tornou conhecido entre os brasileiros ao vencer Erick Silva, uma das sensações da modalidade, por nocaute no segundo assalto em 5 de maio de 2016, no UFC 196.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos