Cruzeiro é acionado na Fifa por dívida em contratação de equatoriano

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Marcello Zambrana/Light Press/Cruzeiro

    Kunty Caicedo trocou o Independiente del Valle pelo Cruzeiro em janeiro de 2017

    Kunty Caicedo trocou o Independiente del Valle pelo Cruzeiro em janeiro de 2017

Depois de se livrar da dívida envolvendo Ramón Ábila, negociado para o Boca Juniors, da Argentina, o Cruzeiro volta a ser acionado na Fifa para desembolsar uma quantia por outro atleta estrangeiro.

O Independiente Del Valle, do Equador, intima o pagamento de uma parcela da transferências de Luis Caicedo por meio do órgão que rege o futebol no mundo. O fato foi informado pelo site equatoriano Estádio.

O departamento de comunicação do clube confirma a existência do débito com os equatorianos, mas não revela o montante.

Emprestado por uma temporada ao Barcelona de Guayaquil, do Equador, o zagueiro chegou a Belo Horizonte no início da atual temporada, mas não se firmou. O Cruzeiro adquiriu 60% dos direitos econômicos do jogador por 1,6 milhão de dólares.

Alheio à falta de pagamento da Raposa ao Independiente Del Valle, o jogador cobra 270 mil dólares (R$ 845 mil na cotação atual) do clube. A dívida é referente à fatia que o jogador tinha de seus direitos econômicos - 15%.

O clube que foi vice-campeão da edição passada da Libertadores da América alega que, como não recebeu do Cruzeiro, não pode repassar a parte que pertence ao jogador.

O vínculo de Luis Caicedo com o Cruzeiro se encerra em dezembro de 2021. O empréstimo do atleta ao Barcelona de Guayaquil vai até julho de 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos