Grêmio anuncia cirurgia no tornozelo, e Maicon só volta a jogar em 2018

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Maicon em ação durante treino do Grêmio; volante terá de ser operado

    Maicon em ação durante treino do Grêmio; volante terá de ser operado

O volante Maicon será submetido a uma cirurgia no tornozelo e desfalcará o Grêmio pelo resto da atual temporada. O procedimento foi informado nesta quinta-feira (1) e tratará uma tendinite no tendão de Aquiles.

A intervenção foi definida após reunião do jogador com os médicos.

"O Maicon tem uma tendinite crônica no tendão de Aquiles com aspecto degenerativo. A lesão provoca enfraquecimento no tendão e causa dor. Então essas duas situações são colocadas, a intensidade da dor e o grau da lesão. No momento em que com todas as medidas não cirúrgicas não houve evolução para o nível de treinamento e atividade profissional, foi tomada a decisão em conjunto. Ele passou a referir que não estava mais aguentando as dores no treino e no pós-treino", disse Márcio Bolzoni, médico do Grêmio, em entrevista coletiva.

A previsão dos médicos é que Maicon levará três meses para se recuperar. Assim, só retorna no ano que vem.

As dores acompanham o volante há tempos. Desde o final do ano passado ele sofre com problemas musculares. Na atual temporada chegou a jogar menos de 40% das partidas da equipe em virtude de lesões em série.

O problema no tornozelo foi o último a aparecer. Com ele, Maicon não resistiu. As dores intensas fizeram os médicos cogitarem a cirurgia, em um primeiro momento, ao final do ano. O procedimento foi antecipado devido ao quadro clínico.

Maicon chegou ao Grêmio em 2015 e é um dos líderes do vestiário. Titular na conquista da Copa do Brasil, foi substituído por Arthur neste ano. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos