Renato brinca após saídas e lesões no Grêmio: "É a Lava Jato do Sul"

Do UOL, em Porto Alegre

  • Reprodução/Instagram

    Treinador falou sobre saídas de Pedro Rocha, Bolaños e Lincoln além de lesões

    Treinador falou sobre saídas de Pedro Rocha, Bolaños e Lincoln além de lesões

Pedro Rocha no Spartak Moscou, Miller Bolaños no Tijuana-MEX e Lincoln no Rizespor-TUR. Além das três saídas, o Grêmio ainda viu Douglas sentir dores no joelho e Maicon definir cirurgia no tornozelo. Diante de tantos desfalques, Renato Gaúcho achou espaço para bom humor. Nesta sexta-feira (1) o técnico brincou com o cenário no time gaúcho.

"É a Lava Jato do sul, né?", disse no início da entrevista coletiva. "São coisas do futebol", completou depois.

Apesar das saídas e dos desfalques por lesão, o treinador se mostrou compreensivo. A transferência de Pedro Rocha ao futebol russo rendeu R$ 45 milhões e ajudará, nas palavras de Renato, a "buracos financeiros" do clube até o final do ano. Já Lincoln pediu para ser emprestado e Bolaños era tido como carta fora do baralho há tempos.

"Tivemos o problema do clube, tínhamos que vender um jogador para o clube botar tudo em dia. Poder pagar os salários até o final do ano, a gente entende. Podia ter sido o Luan, foi o Pedro. O Douglas infelizmente voltou a sentir um pouquinho o joelho dele. Vamos ver... O Maicon tentou de todas as formas voltar para ajudar, mas ele sente dores e a solução é cirurgia. O Bolaños é uma novela à parte. O Bolaños a gente já não estava contando há tempos. Preferiu seguir a vida dele em outro clube, boa sorte para ele. São problemas que acontecem... O Lincoln recebeu uma boa oferta, conversou comigo e quis sair. Ninguém vai seguir ninguém aqui. No resto, vamos levando. O grupo é bom, temos que nos unir e fortalecer ainda mais. A vida segue", afirmou Renato Portaluppi.

Douglas será reavaliado pelos médicos, mas o primeiro exame de imagem realizado não apontou lesão. Como o joelho esquerdo foi submetido a cirurgia em fevereiro, o meia foi afastado dos treinos com bola por 15 dias. Maicon será operado por conta de inflamação degenerativa no tendão de Aquiles do pé esquerdo e volta apenas em 2018.

"Vamos levando. Não vou, não estou e nem vou me queixar da saída de A, B ou C. Vamos com o que temos em mãos", sentenciou o treinador do Grêmio.

O time gaúcho volta a campo neste sábado, às 16h (Brasília), diante do Sport. O jogo válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro foi adiado em virtude do gramado da Arena e a pedido da CBF por conta da partida Brasil e Equador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos