Chelsea pensa em processo de R$ 200 milhões contra Diego Costa, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • Andrew Couldridge/Reuters

Apesar do final da janela de transferências europeia, a guerra entre Chelsea e Diego Costa parece estar longe do fim. Segundo o jornal inglês Daily Express, o clube está pensando em processar o jogador, que ainda não retornou à Inglaterra.

A publicação explica que o Chelsea pensa em processar Diego Costa por quebra de contrato. O jogador ainda está no Brasil após uma transferência fracassada ao Atlético de Madri durante a janela.

O Chelsea pode processar Diego Costa no valor de 50 milhões de libras (R$ 200 milhões) por conta do alto salário que o clube inglês paga ao jogador sem que ele cumpra suas obrigações. O atacante está no Brasil.

Por outro lado, o Atlético de Madri, clube para o qual Diego Costa gostaria de voltar, tenta convencer o jogador a retornar ao Chelsea para que facilite uma negociação futura com o atacante. Segundo o britânico Daily Mail, o clube espanhol tentaria contratar o atleta novamente em janeiro.

Diego Costa quer deixar o Chelsea por conta de sua péssima relação com o técnico Antonio Conte, que disse publicamente ao final da última temporada que não gostaria de contar com o atacante. Proibido de contratar por punição da Uefa, o Atlético de Madri tentou repassar Costa por empréstimo de seis meses antes de poder contrata-lo definitivamente em janeiro de 2018, o que acabou não acontecendo. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos