B. Henrique prevê time titular no clássico: "depois pensamos no Barcelona"

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Camisa 27 lembra folgas recentes para justificar força máxima contra o Corinthians

    Camisa 27 lembra folgas recentes para justificar força máxima contra o Corinthians

Há quem acredite que o Santos pode disputar o clássico contra o Corinthians no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, com um "time misto" por conta do duelo decisivo contra o Barcelona, do Equador, em Guayaquil, três dias depois, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América.

Questionado sobre isso em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, no CT Rei Pelé, o atacante Bruno Henrique espera que o técnico Levir Culpi escale o time titular no clássico. O artilheiro santista no Campeonato Brasileiro lembrou que o elenco recebeu boas folgas – quatro dias na semana passada (segunda, terça, quarta-feira e domingo).

"Tivemos dias de folga, semana toda para trabalhar. Tenho certeza que o Levir colocará time titular sabendo da dificuldade de domingo e quarta. Jogamos domingo e depois voltamos para jantar e já viajamos para embarcar 1h30. Desgaste vai vir, mas são os jogos mais importantes do Santos e de cada jogador que vai representar o time contra Corinthians e Barcelona", afirmou Bruno Henrique.

O atacante santista, inclusive, alertou aos companheiros a focar apenas no Corinthians até domingo e só pensar no Barcelona após o clássico. Vale lembrar que o Santos viaja para Quayaquil logo após o duelo contra o arquirrival.

"Vai de cada jogador. Cada um tem um foco. Como você diz, estamos jogando um jogo e pensando no outro, isso pode acabar atrapalhando. Temos que pensar no Corinthians primeiro. Depois do Corinthians, quando o juiz apitar, nós já vamos poder pensar no Barcelona. Temos que focar primeiro no Corinthians. Se a gente vencer e fazer um bom jogo, ficamos vivos no campeonato. Se perdermos, distância aumenta e dificulta, campeonato afunila. Depois que apitar o fim da partida, pensamos no Barcelona", disse.

Autor de sete gols nos últimos oito jogos do Santos, o jogador deslanchou na artilharia da equipe na temporada, com 15 gols, e alimenta o sonho estar na próxima Copa do Mundo.

"Como eu sempre falei, fico muito feliz por ser monitorado. Meu maior foco está no Santos. Se eu fui lembrado pelo Tite e estou no radar, é porque fiz por merecer desde quando cheguei. Vou continuar fazendo meu trabalho, esquecer porque às vezes atrapalha pensar demais nas coisas. Meu foco está aqui, a ajudar a conquistar muitas coisas no ano de 2017", disse.

Bruno Henrique foi a contratação mais cara do Santos na Era Modesto Roma, que completará em dezembro três anos no comando do Alvinegro praiano. O clube paulista pagou 4 milhões de euros (R$ 13,5 milhões à época).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos