Clubes ingleses decidem fechar janela de transferências antes do campeonato

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

Uma mudança significativa deve impactar o futebol europeu a partir do próximo ano. Nesta quinta-feira, os clubes da primeira divisão da Inglaterra votaram por uma alteração na data de fechamento da janela de transferência de verão. A partir de 2018, os times do país só poderão contratar jogadores antes do início do Campeonato inglês.

Quatorze clubes da Premier League votaram a favor da mudança, um deles se absteve (Burnley) e cinco foram vencidos com votos contra (Manchester United, Manchester City, Watford, Swansea e Crystal Palace).

As novas determinações indicam que, a partir da temporada 2018-2019, a janela de transferência na Inglaterra fechará às 17h da quinta-feira que antecede o início do Campeonato Inglês. No entanto, o prazo vale apenas para compras e inscrições de jogadores. Os clubes ainda terão a permissão de vender atletas até o encerramento da janela europeia, em 31 de agosto.

Por enquanto, a mudança atinge apenas os times da elite do Campeonato Inglês, mas uma entidade que representa equipes da segunda divisão já discute adotar o mesmo procedimento.

A mudança atende uma reivindicação de vários clubes contra o agito de especulações e indefinições de elenco durante o mês de agosto. Neste ano, por exemplo, a novela Philippe Coutinho no Liverpool foi emblemática neste sentido, com a dúvida sobre a permanência do jogador mais caro do elenco – ao final, mesmo com o assédio milionário do Barcelona, o meia acabou ficando no clube inglês. 

Recentemente, a estrela do Tottenham Harry Kane se manifestou a favor da mudança da janela, afirmando que a antecipação do encerramento ajudaria os elencos a se concentrarem nos campeonatos em disputa. Arsene Wenger, técnico do Arsenal, endossou a opinião do atleta.

"É importante que nós fechemos toda a coisa antes que o campeonato comece. Jogadores ficam sem clareza, não ficam? Será que eles serão tirados de um jogo horas antes (por causa de uma eventual negociação)? Não é o jeito certo de trabalhar", comentou Wenger em depoimento à BBC.

Agora, a expectativa é de que outras ligas importantes da Europa se alinhem à mudança liderada pela Premier League inglesa, em nome de uma uniformidade de conduta.

"Se fizermos isso na Premier League e o resto da Europa não fizer, nós ainda teremos um problema. O melhor é encerrar a janela antes das competições", declarou Ronald Koeman, técnico do Everton. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos