"Ele precisa querer se ajudar", diz Rodrigo Caio sobre criticado Cueva

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Cueva tem sido criticado pelas últimas atuações com a camisa do São Paulo

    Cueva tem sido criticado pelas últimas atuações com a camisa do São Paulo

O desempenho do meia-atacante Cueva voltou a ser assunto no São Paulo. Neste feriado de 7 de setembro, o zagueiro Rodrigo Caio comentou sobre as críticas ao peruano, que se destacou nos dois jogos das eliminatórias, ao mesmo tempo em que caiu de rendimento com a camisa tricolor. O defensor conta com a evolução do camisa 10 para a equipe sair da difícil situação na tabela.

"É difícil desempenhar o melhor, muito pelo momento que a gente vive, ainda mais para ele, que é o nosso camisa 10 e articula todas as jogadas. Ele tem a consciência que precisa melhorar. De alguma maneira, a gente tenta ajudar, mas ele também precisa querer se ajudar", cobrou Rodrigo Caio, antes de expandir o recado a todo o grupo.

"A cobrança não é só em cima dele, é em cima de todos. É hora de união. Muitas vezes tecnicamente a gente não está no melhor dia, mas você tem que correr ainda mais. Não podemos jogar com jogadores a menos. Todos precisam estar no mesmo nível, e esperamos que ele volte bem e pronto para nos ajudar", acrescentou o defensor.

A postura de Cueva tem incomodado parte do elenco do São Paulo, como mostrou a coluna De Primeira no último dia 30. Além da postura em campo, a vida noturna do peruano se tornou alvo das reclamações de outros atletas.

Rodrigo Caio ressaltou o tom de cobrança para com o elenco. O São Paulo segue em situação delicadíssima na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro – com apenas 23 pontos, o hexacampeão nacional ocupa a penúltima colocação na tabela.

Neste sábado, a partir das 19h (de Brasília), a equipe recebe no Morumbi a Ponte Preta, em um duelo direto contra a parte mais baixa da tabela. A equipe de Campinas soma apenas quatro pontos a mais do que o São Paulo, e um resultado positivo diante dos são-paulinos afastaria os ponte-pretanos da região mais indesejada da classificação.

Ciente do decisivo confronto, Rodrigo Caio deu o recado. No fim de semana, a equipe deve deixar o gramado esgotada, mesmo se não estiver inspirada contra o adversário paulista.

"Todos são profissionais e têm a sua consciência, sabem o que precisam melhorar. Precisa sair e saber que deu tudo, lutou ao máximo. Não estamos lidando com moleques, cada um precisa saber da sua responsabilidade", finalizou Rodrigo Caio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos