Topo

Futebol


Torcedor invade ônibus do JEC, troca agressões e é perseguido por jogadores

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

09/09/2017 18h42Atualizada em 09/09/2017 19h26

Um torcedor do Joinville chegou às vias de fato com alguns jogadores do JEC antes do jogo deste sábado (9), contra o Mogi Mirim, na Arena Joinville, pela Série C. Ele chegou a ser perseguido pelos atletas do clube catarinense depois de invadir o ônibus do time e partir para a agressão.

Segundo apurou o UOL Esporte, o ato de vandalismo começou com uma pedra atirada por torcedores do Joinville no momento em que o ônibus chegava à Arena Joinville. Logo depois, um dos torcedores subiu no ônibus e trocou agressões físicas com alguns jogadores, que o expulsaram do veículo (veja no vídeo abaixo publicado pelo narrador Charles Fischer, da Rádio 89 FM de Joinville).

Assim que o torcedor saiu do ônibus, ele atirou uma garrafa de água contra o veículo e começou a ser perseguido por alguns jogadores do Joinville. A perseguição só acabou com a intervenção da polícia, que mais tarde levou o torcedor, menor de idade, para a delegacia. O motorista do ônibus do Joinville também seguiu para o local para registrar um boletim de ocorrência.

Por questões de segurança, o Joinville chegou a cogitar não entrar em campo. Mas uma rápida reunião entre a diretoria e a Polícia Militar, que garantiu a segurança, resolveu o problema.

O atacante Bruno Rodrigues acabou ferido pela pedra arremessada pelos torcedores, mas mesmo assim foi a campo para encarar o Mogi Mirim.

O Joinville entrou em campo neste sábado (9) já em situação complicada. O time até goleou o Mogi Mirim, na Arena Joinville, por 8 a 1, mas os outros resultados não foram suficientes para classificar o JEC para as quartas de final da Série C. O time ficou com a quinta colocação do grupo B, com 25 pontos, mesma pontuação do quarto colocado Volta Redonda, que ficou com a vaga por conta do saldo de gols.

Mais Futebol