Diretor do Bayern ataca Lewandowski e diz que atacante quer ir para o Real

Do UOL, em São Paulo

  • Michael Dalder/Reuters

O diretor executivo do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, reprovou a postura do atacante Robert Lewandowski, que criticou o clube alemão por investir pouco em contratações. Rummenigge disse que o atacante tem vontade de defender o Real Madrid e foi irônico ao retratar o time espanhol.

"Se o Lewandowski reclamou de nosso giro asiático, fique sabendo que a equipe de seus sonhos, o Real Madrid, neste verão europeu viajou 24 dias em zonas de calor, o dobro que o nosso", disse Rummenigge.

"Sinto pelo que ele disse. Não é a primeira vez que fala mal do nosso clube e sei que o seu agente, Barthel, está por trás destas declarações. Não acho, no entanto, que um jogador tenha todo este poder. O contrato de Lewandowski expira em 2021 e infelizmente para ele não há cláusula de rescisão", complementou o dirigente.

Lewandowski entrou em atrito com a diretoria do Bayern. Ele reclamou que o time de Munique está ficando para trás nas disputas com os grandes europeus.

"O Bayern precisa ter ideias e ser criativo, se quiser continuar atraindo jogadores de nível mundial. Se quisermos nos manter no topo, precisamos da qualidade destes grandes jogadores", garantiu o craque polonês em entrevista à revista Der Spiegel.

"Até agora, o Bayern nunca tinha gastado mais de 40 milhões em um jogador. No futebol internacional, é um valor moderado há bastante tempo", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos