Zé Ricardo "acalma" o Vasco e terá raro tempo livre para impor estilo

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

A vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio trouxe paz em São Januário, que já vivia um ambiente mais leve desde que Zé Ricardo substituiu Milton Mendes no comando da equipe.

De estilo mais conciliador, o treinador faz da convivência harmoniosa uma arma para atingir seus objetivos e trazer o elenco para si. E no meio do caos do calendário brasileiro, Zé Ricardo contará com um tempo precioso para impor seus métodos. Na disputa apenas do Brasileiro, o Vasco não terá jogos no meio de semana durante as próximas três rodadas.

Com esta folga na agenda, Zé terá as semanas livres para preparar seu time para os confrontos diante de Corinthians, Sport e Chapecoense, algo raro na rotina dos treinadores do Brasil.

Após o triunfo em seu primeiro jogo, o técnico admitiu que o Vasco adotou uma postura "humilde" diante do Tricolor gaúcho, um time reconhecidamente mais forte que o seu. Ele afirmou também que esta não será a forma de jogar do seu Vasco ideal, mas disse que a mudança requer tempo.

"Temos de melhorar em todos os aspectos, mas nos portamos bem. Perfeição não existe, a evolução é diária. Os jogadores foram muito receptivos às minhas ideias", comentou o treinador vascaíno. Durante sua passagem pelo Flamengo, Zé Ricardo teve na posse de bola um de seus traços mais marcantes. E ele já indicou que o caminho em São Januário seguirá pela mesma trilha:

"Lógico que quero jogar mais para frente, tendo a bola", disse ele. O elenco cruz-maltino retorna da folga nesta segunda e inicia os preparativos para encarar o líder Corinthians, domingo, 16h, na casa do adversário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos