De volta após cinco meses, Gotze tem problema dentário, diz técnico

Do UOL, em São Paulo

  • Andrew Couldridge/Reuters

    Mario Gotze, do Borussia Dortmund, é atingido por Jan Vertonghen, do Tottenham

    Mario Gotze, do Borussia Dortmund, é atingido por Jan Vertonghen, do Tottenham

De volta ao futebol profissional depois de tratar rara doença metabólica por cinco meses, Mario Gotze continua sem sorte. Na reta final da derrota do Borussia Dortmund para o Tottenham, nessa quarta-feira (14), o jogador deixou o campo com a boca sagrando, o que fez Peter Bosz, técnico do time alemão, revelar que seu comandado sofre com problema dentário.

"Ele tem problemas com os dentes e tem ido ao médico. Isso não está indo tão bem. Ele não tem todos os dentes no lugar certo. Me dói mesmo falar sobre isso", disse Bosz, segundo reportagem do jornal espanhol "Mundo Deportivo".

O jogador tranquilizou os fãs. "Nada que não possa ser arrumado de novo. O que realmente machuca foi a derrota contra o Tottenham. Voltarei ainda mais forte", disse em seu Instagram. 

O Dortmund perdeu, fora de casa, para o Tottenham por 3 a 1 pela primeira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Gotze foi atingido na boca por Jan Vertonghen aos 45 minutos do segundo tempo, mas, segundo Bosz, não foi apenas o golpe que fez a boca do alemão sangrar. O jogador do time inglês foi expulso pelo lance.

Nesta temporada, Gotze disputou quatro jogos pelo Dortmund, sendo titular em três deles, e ainda não marcou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos