"Vilão" de pancada em Ederson se desculpa: "Não sou esse tipo de jogador"

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Liverpool (Inglaterra)

  • LEE SMITH/Action Images via Reuters

O senegalês Sadio Mané, atacante do Liverpool, protagonizou debates acalorados na Inglaterra nesta semana por ter causado oito pontos no rosto de Ederson, goleiro do Manchester City e da seleção brasileira. No último sábado (9), o africano acabou expulso aos 37 minutos do primeiro tempo da acachapante derrota por 5 a 0, fora de casa, depois de acertar o rosto do titular de Pep Guardiola em uma dividida.

Atrasado em uma jogada de ataque, ele atingiu com o pé a face do adversário, que saiu da sua área para afastar a bola com a cabeça, mas levou a pior – pelo choque e pelos ferimentos, Ederson foi substituído e cedeu a vaga para o chileno Claudio Bravo. Quatro dias após o incidente, Mané explicou o lance e pediu desculpas ao rival.

"Não era o que eu desejava, foi uma disputa de bola. Quero me desculpar com ele, porque não sou esse tipo de jogador. Desejo melhoras", disse nesta quarta-feira, depois do empate do Liverpool em 2 a 2 com o Sevilla, em Anfield, pela primeira rodada do Grupo E da Liga dos Campeões.

Pelas regras da Premier League, o cartão vermelho direto, como aplicado neste caso, significa suspensão por três partidas. O Liverpool tentou diminuir a punição, mas o pedido foi negado em julgamento de uma condição independente. Assim, Mané, um dos principais jogadores no esquema de Jürgen Klopp, desfalcará o clube no Campeonato Inglês diante do Burnley e Leicester – este último também será adversário na Copa da Liga.

"Não é uma situação fácil para mim, porque eu adoraria estar em campo o tempo todo com meu time. Só me resta aceitar".

Embora o lance tenha causado espanto pelo impacto do choque entre os atletas e a substituição imediata de Ederson, o brasileiro impressionou Guardiola pela pronta recuperação. Com um capacete para proteger a região machucada, o goleiro já voltou a atuar nesta quarta pelo Manchester City. Teve atuação segura na goleada por 4 a 0 sobre o Feyenoord, em Roterdã (HOL), pela primeira rodada do Grupo F. Fernandinho e Gabriel Jesus também foram titulares, e o atacante deixou a sua marca logo na sua estreia na competição de clubes mais badalada do mundo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos