Após saída de técnico, atacante da Lazio deixa seleção do Equador

Do UOL, em São Paulo

  • EFE/MIGUEL GUTIÉRREZ

Quinto maior artilheiro da história da seleção equatoriana, Felipe Caicedo anunciou em seu Twitter na última quinta-feira sua aposentadoria da equipe. A decisão veio depois que a federação local demitiu o técnico Gustavo Quinteros.

"Quero comunicar que dou por finalizada minha etapa na seleção. Quero agradecer a todos que sempre estiveram comigo", anunciou o jogador em seu Twitter.

Com quatro derrotas nos últimos quatro jogos, a federação decidiu demitir Gustavo Quinteros faltando apenas duas partidas para o fim das Eliminatórias.

Caicedo, que se transferiu nesta temporada para a Lazio por R$ 9 milhões, disse que os jogadores e os próprios cartolas também têm responsabilidades pela queda da equipe, que chegou a liderar a classificatória sul-americana.

Com apenas 20 pontos, a equipe está na 8ª posição e depende de um milagre para garantir sua vaga no Mundial da Rússia. Comandada pelo interino Jorge Célico, a equipe visitará o Chile no dia 5 de outubro, e pegará a Argentina no Estádio Olímpico Atahualpa na última rodada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos