Asprilla relembra dia em que acabou com o Barça e virou ídolo na Inglaterra

Do UOL, em São Paulo

  • Stu Forster/Allsport

    Asprilla fez três gols contra o Barcelona em 1997, pelo Newcastle

    Asprilla fez três gols contra o Barcelona em 1997, pelo Newcastle

O ex-atacante colombiano Faustino Asprilla, que no Brasil jogou por Palmeiras e Fluminense, relembrou em entrevista ao jornal britânico Daily Mail o dia em que acabou com o Barcelona na Liga dos Campeões. Foi em 1997, defendendo o Newcastle, que o jogador marcou três gols na vitória por 3 a 2 sobre os espanhóis no St. James' Park.

Asprilla fez o primeiro gol convertendo um pênalti que ele mesmo sofreu, e marcou os outros dois de cabeça, após cruzamentos do ponta Keith Gillespie. "Eu nunca erraria aquele pênalti. E o segundo e o terceiro gols foram bem parecidos. Foi uma das melhores noites da minha vida. Meu pai estava lá e os torcedores falavam para ele: 'Obrigado, você trouxe um presente de Deus para o Newcastle'", disse o colombiano.

Como ele próprio admite, Asprilla não era o jogador mais disciplinado do mundo. E por pouco ele não entrou em campo naquele jogo contra o Barça de Rivaldo, Figo e Luis Enrique, justamente por ter chegado atrasado a uma reunião do time.

O colombiano também falou da idolatria que conquistou na cidade de Newcastle após a partida. Ele afirmou que fazia festas frequentes em sua casa e convencia mulheres a participar dizendo que seu colega de time, o meia francês David Ginola, um dos atletas mais populares da época, estaria lá.

"Desde aquele dia, eu nunca tive que pagar por uma bebida em Newcastle. Tem uma imagem gigante da minha comemoração dando uma pirueta naquela noite, dentro do St. James' Park. Sempre que vou até lá, as pessoas querem falar daquele jogo contra o Barcelona", relembrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos