Gol "fechado" e ataque com mais dúvidas: a cabeça de Tite a 9 meses da Copa

Dassler Marques e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo e no Rio de Janeiro

Anunciada nesta sexta-feira, a lista do treinador Tite para as partidas contra Bolívia e Chile em outubro apresentou novidades que, de modo geral, não alteram a base já encaminhada até a Copa da Rússia. Última lista para jogos oficiais [5 de outubro em La Paz e 10 de outubro em São Paulo] até a definitiva para o Mundial, já que a partir de novembro somente amistosos serão feitos, ele reforçou convicções e também deixou claro que tem pelo menos cinco dúvidas importantes no grupo de 23 atletas. 

"São oportunidades para abrir o leque de opções dentro do que o tempo me permite. Não quero ficar no tira e bota. Todos estão com oportunidades reais. Quem não veio, estando em altíssimo nível, não vão deixar de ser convocados. Não estão assegurados, seja quem veio ou quem ficou fora", resumiu o treinador sobre a convocação desta sexta, feita no Rio de Janeiro. 

Entre as convicções, aquela que certamente chama mais a atenção é a repetição dos três goleiros, o que só havia feito uma vez até aqui, mas ainda em 2016 e com nomes que saíram dos planos.

Pedro Martins/MoWA Press
Cássio estará presente pela segunda vez na lista

Enquanto muitos esperavam a primeira oportunidade ao santista Vanderlei, baseado em entrevistas recentes de Tite, ele indicou que tem um trio que, salvo quedas de rendimento bruscas ou problemas físicos, deverá seguir até a Rússia. Em alta e mantidos dos jogos contra Equador e Colômbia para as rodadas finais das Eliminatórias, eles inibiram qualquer "teste" no setor.

Se no setor ofensivo [meio e ataque] a rotatividade é grande e Tite reforça a necessidade de "testar opções", no gol não há tempo, segundo palavras do técnico. "Não tenho tempo, infelizmente. Não dá para ser bonzinho com todos", completou o comandante, reforçando que não há intenção, por ora, de observar outros nomes no gol.

No campo daqueles que reafirmaram importância e já estão "com o passaporte na mão", estão todos os titulares [Dani Alves, Miranda, Marquinhos, Marcelo, Casemiro, Paulinho, Renato Augusto, Coutinho, Neymar e Jesus], mas principalmente reservas dos quais Tite não abre mão em hipótese alguma: Thiago Silva, Filipe Luís, Fernandinho e Willian. 

As cinco dúvidas que rondam a cabeça do treinador

Andre Mourao/Mowa Press
Jemerson vai à seleção pela terceira lista seguida

A lateral direita é a primeira delas e ganha um novo concorrente com a oportunidade para Danilo, no Manchester City. Fagner é um dos jogadores mais assíduos no grupo, mas decepcionou em amistoso contra a Argentina e emendou uma sequência abaixo de seu padrão no Corinthians. Tite, que já chamou Mariano, Rafinha e até Marcos Rocha anteriormente, resgata um titular durante quase um ano da era Dunga e que cresce no futebol inglês. 

Se Thiago Silva pavimentou seu caminho até a Copa e até pressiona Miranda e Marquinhos, não há uma certeza quanto ao quarto nome do miolo da zaga. Gil já foi chamado com frequência, mas fica de fora pela segunda lista seguida. Rodrigo Caio, que atende ao perfil de jogador mais jovem e também empresta versatilidade, não vive bom momento. A bola então está com Jemerson, 25 anos e presente com Tite pela terceira vez seguida. 

As reservas de Paulinho e Renato Augusto também são grandes incógnitas. Enquanto observa Coutinho como alternativa também nesse setor, Tite surpreendeu ao incluir três atletas que podem jogar nessa faixa do campo: Diego (Flamengo), Fred (Shakhtar) e Arthur (Grêmio), justamente aqueles que fizeram a lista ser inflada de 23 para 24 nomes. Por aí, já passaram outros como Lucas Lima, Rodriguinho, Oscar e ainda Giuliano - outro que, embora muito presente na era Tite, não tem vaga assegurada.  

A quinta dúvida forte na cabeça do treinador está no ataque. Embora Roberto Firmino tenha feito um jogo discreto na Colômbia, ele reaparece no grupo e cada vez mais se firma como o imediato de Gabriel Jesus. Tite ainda não se convenceu sobre o corintiano Jô, e Diego Souza e Fred, opções para dar peso na área, não vem bem. Então, o "chinês" Diego Tardelli, com perfil de atacante versátil, vira a nova alternativa para as pontas que já tiveram Taison, Luan, Douglas Costa e Dudu como nomes vistos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos