'Ninguém alcança objetivos por acaso', diz Diego sobre seleção brasileira

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Pedro Martins/ MoWa Press

    Diego, meia do Flamengo, está de volta ao grupo da seleção brasileira

    Diego, meia do Flamengo, está de volta ao grupo da seleção brasileira

Convocado para a seleção brasileira nesta sexta-feira (15), o meia Diego está de volta ao grupo comandado pelo técnico Tite para os dois últimos compromissos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 - Bolívia (5/10) e Chile (10/10). O jogador do Flamengo concedeu entrevista coletiva e foi questionado sobre o fato de o chamado ocorrer no momento em que não vive a melhor fase com a camisa rubro-negra. Tranquilo, ele abordou a queda de rendimento nas últimas apresentações.

"Acredito que é difícil contestar. Estamos aqui para jogar e muitos têm o trabalho de analisar e opinar. Mas uma coisa é verdade. Ninguém alcança objetivos por acaso, é por merecimento. Trabalho para manter o nível. A queda não pode ser brusca, mas fazemos 70 jogos por ano no Brasil. É quase impossível manter o nível mais alto. Estou satisfeito com a temporada que o Flamengo realiza e entramos em um mês decisivo. Isso é questão de opinião das pessoas e não vou confrontar".

Aos 32 anos, o jogador mantém vivo o sonho de disputar a Copa do Mundo da Rússia. Apegado aos critérios, ele sabe que Tite é um admirador e conta com o seu futebol. O objetivo? Concluir o ciclo e estar na aguardada lista final do próximo ano.

"Estou muito feliz. A sensação é como na primeira convocação. Nunca escondi que o meu sonho é estar na seleção e disputar uma Copa do Mundo. O objetivo, momentaneamente, foi alcançado. O trabalho coletivo me alavancou. Estava na expectativa pelos chamados anteriores até pelos critérios do Tite e por tudo o que fala nas entrevistas. Os elogios são uma motivação gigantesca", comentou.

Se Tite elogia de lá, Diego retribui de cá. "Já ouvia falar muito através de amigos que trabalharam com ele. Confirmei tudo. É inteligente, sensível nos detalhes e sabe valorizar o que cada um tem de bom. Passa confiança e prazer em trabalhar com ele. Deixa o ambiente positivo e favorável para todos", encerrou.

A apresentação da seleção brasileira está marcada para os dias 1º e 2 de outubro. O Flamengo joga no dia 2, contra a Ponte Preta, às 20h (de Brasília), em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro. A presença de Diego ainda será definida, mas o provável é que seja desfalque no Rubro-negro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos