Prefeitura de Mogi quer intimar Leco por estrago de organizada do SP

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

  • Ricardo Moreira/Fotoarena/Estadão Conteúdo

A Prefeitura de Mogi das Cruzes (cerca de 70 km da capital paulista) pediu à Justiça a intimação de Carlos Augusta de Barros e Silva, presidente do São Paulo, para prestar depoimento. O município considera o clube responsável por prejuízos causados por suas torcidas organizadas durante a realição da Copinha em 2016, e quer uma indenização de mais de R$ 5 milhões – o argumento se baseia na acusação de que a diretoria tricolor financia e dá regalias às torcidas.
 
Segundo o pedido, o objetivo do depoimento é comprovar o financiamento das organizadas por parte do dirigente. Em nota emitida no ano passado, a torcida Independente, principal organizada do São Paulo, eximiu o clube de qualquer responsabilidade no prejuízo.

Para ler mais notícias e outras histórias exclusivas de bastidores do futebol, acesse a coluna De Primeira.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos