Pergunta sobre Vanderlei incomoda Tite: "Não exijo milagre de ninguém"

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

Nesta sexta-feira (15), Tite convocou a seleção brasileira para os dois últimos jogos das Eliminatórias e optou por manter os goleiros da relação anterior: Alisson, Cássio e Ederson. Vanderlei, que vive boa fase no Santos, novamente ficou fora da lista. 

Perguntado sobre "quantos milagres a mais Vanderlei teria que fazer para ser convocado", Tite mostrou-se incomodado com o questionamento. Pediu respeito pelas escolhas e afirmou que a manutenção dos chamados para o gol seguiu um critério.

"A respeito de convocação, e mais especificamente ao Vanderlei, a goleiros e a milagre: técnico é ser humano e não exige milagre de outro ser humano, ele exige desempenho. O técnico também é humilde para saber que existem outras pessoas com outros conceitos, e tem respeito com quem pensa diferente. Também não exige que consensualmente se tenha o mesmo conceito. Eu respeito todos os profissionais e gostaria de convocar mais gente, mas não exijo milagre de ninguém", disse Tite.

O técnico Tite também explicou que apesar de restarem poucas convocações até a Copa do Mundo, os goleiros que não foram lembrados devem continuar buscando em campo uma vaga, pois o trio ainda poderia mudar.

"Existem 7 ou 8 jogadores para o gol. Estamos com uma safra muito boa. Diego Alves, que em algum momento foi, Weverton... Não pense que está fora não. Estamos acompanhando", disse Tite. "Tem toda a possibilidade de acompanhamento. Eles estão bem. Acompanhei o clássico e os dois goleiros jogaram muito".

Nas duas últimas rodadas das Eliminatórias, a seleção visita a Bolívia, dia 5 de outubro, e recebe o Chile no Allianz Parque, dia 10.

Tite mantém Cássio e aumenta testes com Tardelli e Fred na seleção

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos