Tite muda mais da metade da seleção nas Eliminatórias: quem sonha com Copa

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Mauro Pimentel/AFP

    Tite dá prosseguimento a testes e avalia quase 50 nomes para a seleção brasileira

    Tite dá prosseguimento a testes e avalia quase 50 nomes para a seleção brasileira

Após dois anos de disputa, o Brasil encerrará sua campanha nas Eliminatórias no início de outubro – jogos contra Bolívia (dia 5, em La Paz) e Chile (dia 10, em São Paulo). E o caminho para a Copa do Mundo de 2018 mostrou uma grande mudança no grupo comandando por Dunga – seis primeiras partidas – e Tite.

A lista de 23 atletas divulgada pelo comandante atual tem apenas nove nomes que estiveram na primeira convocação, para os jogos de outubro de 2015. Apenas Alisson, Daniel Alves, Filipe Luis, Marcelo, Marquinhos, Miranda, Fernandinho, Renato Augusto e Willian foram mantidos daquela relação. Neymar, que cumpria suspensão pela Copa América do Chile, ficou fora.

O alto número de mudanças é reflexo de um grupo que demorou a se encontrar no torneio e só ganhou a base atual pelas mãos de Tite. Sob o comando da comissão técnica atual, as variações não chegaram a ser numerosas.

Na lista da última sexta (15), porém, seis mudanças. Danilo, Jemerson, Diego, Fred, Diego Tardelli e o novato Arthur foram convocados. O crescimento de novidades a nove meses da Copa do Mundo mostra que algumas vagas ainda estão abertas.

"São oportunidades para abrir o leque de opções, sem ter aquele tira e bota toda hora, mas uma real avaliação. Jemerson é um exemplo disso, o Danilo é um exemplo disso. Todos esses estão com oportunidades reais. Nós vamos estar monitorando e acompanhando. Não estão assegurados nem os que vieram e nem os que ficaram fora e que vinham sendo convocados. Os jogos nos permitem construir conceitos. Todos têm chance. Eu fico fomentando [disputa por posição] para que o atleta fique com perspectiva de arrebentar. Competir em alto nível te faz elevar", comentou o treinador.

Na cabeça da comissão técnica de Tite, mais de 50 atletas são monitorados com frequência e reúnem condições de serem chamados para o Mundial da Rússia.

Baseado em entrevistas recentes e informações colhidas junto ao estafe da seleção, o UOL Esporte separou os jogadores - além dos convocados - que ainda podem sonhar com uma vaga na esperada lista do início de maio de 2018.

Goleiros

Ivan Storti/Santos FC
Mesmo esquecido novamente, Vanderlei segue no radar da comissão técnica
Weverton (Atlético-PR), Diego Alves (Flamengo), Fábio (Cruzeiro) e Vanderlei (Santos)

Laterais 

MARCO BERTORELLO/AFP
Chamado para o jogo com a Colômbia, Alex Sandro é opção imediata na esquerda
Fagner (Corinthians), Fábio Santos (Atlético-MG), Alex Sandro (Juventus-ITA), Diogo Barbosa (Cruzeiro), Jorge (Monaco-FRA), Rafinha (Bayern de Munique-ALE), Mariano (Bordeaux-FRA)

Zagueiros 

Lucas Uebel/Grêmio
Sempre elogiado por Tite, Geromel pode ganhar nova chance de olho na Copa
Gil (Shandong Luneng-CHI), David Luiz (Chelsea-ING), Rodrigo Caio (São Paulo), Geromel (Grêmio), Gabriel (Atlético-MG), Felipe (Porto-POR)

Meias 

Ronny Santos/Folhapress
O meia santista Lucas Lima já foi testado em diversas convocações de Tite
Douglas (Vasco), Giuliano (Fenerbahce-TUR), Lucas Lima (Santos), Luan (Grêmio), Rodriguinho (Corinthians)

Atacantes 

Josep Lago/AFP
Mesmo em fase irregular, Douglas Costa é um jogador que agrada e pode ter chance
Douglas Costa (Juventus-ITA), Taison (Shaktar Donetsk-UCR), Diego Souza (Sport), Tiquinho Soares (Porto-POR), Dudu (Palmeiras)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos