Legião brasileira coloca até Guardiola para sambar no Manchester City

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (Inglaterra)

  • Josep Lago/AFP

    Danilo falou sobre relação com Guardiola, vestiário do City e planos na seleção

    Danilo falou sobre relação com Guardiola, vestiário do City e planos na seleção

No elenco do Manchester City, os brasileiros só ficam atrás dos ingleses em quantidade: são quatro (Ederson, Danilo, Fernandinho e Gabriel Jesus) contra cinco (Kyle Walker, John Stones, Tosin Adarabioyo, Fabian Delph e Raheem Sterling). Danilo foi o último a chegar, na mais recente janela de transferências, e já ofereceu a versatilidade que tanto agrada Josep Guardiola. Mais do que exercer a posição de origem, na lateral direita, o mineiro de Bicas já atuou como ala esquerdo e zagueiro na linha de três.

Mas a animação de Pep com o Brasil vai além da polivalência de Danilo, das defesas de Ederson, da liderança de Fernandinho e dos gols de Gabriel Jesus. A legião verde e amarela também tem alegrado os bastidores do City. Nesta entrevista ao UOL Esporte, concedida no City Football Academy, o centro de treinamento da equipe, Danilo revela qual samba tem a melhor receptividade no vestiário da equipe, conta por que aceitou trocar o Real Madrid pela Inglaterra e o que pensa sobre a seleção brasileira.

Na última sexta-feira, o jogador de 26 anos foi convocado pela primeira vez por Tite, para as duas últimas rodadas das Eliminatórias da Copa da Rússia. A antepenúltima lista do Brasil antes do Mundial definiu quem vai enfrentar Bolívia e Chile, nos dias 5 e 10 de outubro, em La Paz e São Paulo, respectivamente. Danilo não veste a amarelinha desde setembro de 2015, quando jogou os 90 minutos da vitória por 1 a 0 no amistoso com a Costa Rica, nos Estados Unidos, com Dunga no comando da comissão técnica.

Reprodução/Instagram

A motivação mesmo após diversas conquistas e passagem pelo Real Madrid

"A motivação é diária, porque eu gosto de jogar futebol e conquistar tudo. Quando eu levanto para treinar, nunca fico pensando nos títulos que eu já tenho. Isso que me faz ter vontade de treinar, pensar nos jogos do final de semana. Sempre vi a Premier League de fora e achava legal, o clube tem o objetivo da Champions League, então estou superempolgado para esta temporada".

A saída de um dos maiores clubes do mundo

Não foi uma decisão fácil, pensei nisso ao longo de alguns meses. Sempre deixei claro que sairia para um clube que realmente me quisesse e treinador e diretoria estivessem dispostos a apostar em mim. O projeto e a estrutura do Manchester City ajudaram a me convencer a vir para cá, porque não foi fácil deixar o Real Madrid, ainda nesse momento tão vencedor do clube. A ligação do Guardiola também foi superimportante para me deixar motivado e à vontade dentro do City. A qualidade do elenco também fez bastante diferença. São jogadores experientes. E a estrutura do clube é fenomenal, uma das melhores, posso comparar com a do Real Madrid tranquilamente".

A conversa decisiva com Guardiola

"Ele me ligou enquanto eu estava na pré-temporada com o Real Madrid. Em dois dias os clubes se acertaram e tudo aconteceu da forma como eu queria. Eu já tinha falado com o Zidane que se surgisse algo interessante para mim, eu aceitaria. Ele tentou até o último dia me segurar no Real, e é um cara de extrema importância na minha carreira, me deu muita confiança e oportunidade, mas sempre fui adepto do Guardiola pela maneira que as equipes jogam: futebol de muita posse, com as linhas do time bem avançadas, com pressão no adversário. É algo que me encanta bastante. A partir do momento que ele me ligou e disse que eu seria uma peça importante dentro daquilo que ele pensa para o clube, tornou-se um ponto fundamental. A possibilidade de me utilizar em várias posições também pesou, porque sempre tive essa versatilidade e gosto de explorar esse lado do meu futebol".

Grupo Revelação conquistou até Pep

"O brasileiro tem capacidade de se adaptar muito rápido a qualquer tipo de situação. O Gabriel não domina o inglês, mas consegue se comunicar com todo mundo até falando português. É uma influência importante para alegrar o vestiário e deixar o ambiente um pouco mais leve. O DJ é o Fernandinho, já que ele está no clube há muitos anos, então temos de respeitar. A música brasileira de maior aceitação é aquela ('Tá escrito') do Revelação: 'Erga essa cabeça, mete o pé e vai na fé...'. Essa a galera curte bastante. Até o Guardiola se animou no avião. É um cara que se interessa por outras culturas e pelo histórico que tem com brasileiros, dá para perceber que ele gosta muito da nossa cultura. Teve um dia que chegamos da folga e ele brincou: 'Corram para tirar a caipirinha do corpo'".

EFE/MARC MUELLER

Obsessão do treinador pelos detalhes

"É incrível, porque às vezes ele faz uma reunião para passar um vídeo de 15 minutos, aí ele se lembra de tanta coisa e quer passar tanta informação que chega a 40 minutos. Ele te bombardeia com tanta informação que tem treino que está previsto para durar 40 minutos e vai para uma hora e meia".

Fernandinho: respeitadíssimo no City, mas um dos vilões do 7 a 1 no Brasil

"Com certeza é algo que vai ficar marcado para sempre na vida dele e dos outros jogadores que estavam ali naquele dia. Digo mais, até eu, que fiz parte da trajetória, na época do Mano Menezes, senti muito aquele dia, assistindo o jogo. Embora fique marcado, isso não afeta o dia a dia, porque isso vem demonstrando com atuações que ele já superou e não é nada que vai prejudicar o desempenho dele, tanto é que tem sido chamado para a seleção. Tem de servir de aprendizado, mas não pode atrapalhar o caminho dele".

Viu Neymar surgir no Santos e agora acompanha o crescimento de Gabriel Jesus

"O Neymar é incomparável. Por tudo o que já vi ele fazer nos treinamentos, nos jogos. Está em um patamar bem mais alto, é um dos melhores da atualidade e com certeza será o maior um dia. E é uma alegria acompanhar o Gabriel. Foi uma grata surpresa. Tinha visto poucos jogos dele pela seleção e alguns minutos pelo Palmeiras. Quando cheguei, ele me surpreendeu muito taticamente. Ele acrescenta demais para o time, é muito trabalhador e te ouve a todo momento. Tecnicamente ele oferece a qualidade do 10, do cara que joga mais aberto. O domínio que ele tem, a capacidade de desenvolver as jogadas, o credenciam a ser um dos melhores, sem dúvida. E está sempre alegre, fazendo brincadeiras, e isso me ajuda porque gosto de me rodear de pessoas positivas".

Ian Kington/AFP Photo

Seleção brasileira

"É um objetivo bem claro e definido para mim. Tive um contato bacana com Tite e Edu (diretor) ainda no final da minha passagem pelo Real Madrid. Agora na pré-temporada estive com o Fábio, preparador físico da seleção. Fico motivado de poder ouvir o que eles têm a dizer. Mesmo fora das outras convocações, Tite já tinha me deixado feliz quando disse em uma entrevista que que estava vendo os meus jogos".

Papo sobre seleção no vestiário do City, com os quatro convocados

"Vejo todo mundo muito confiante e, além de tudo, muito à vontade, o que é o mais importante no futebol. O mesmo acontece com Casemiro e Marcelo, com quem tenho bastante contato. Todo mundo sabe que vai ter pressão por conquistar a Copa do Mundo, mas estar tranquilo é um passo importante nessa caminhada".

Ressurgimento de Casemiro como exemplo

"Na minha opinião, se não acontecer nada com ele, será o titular absoluto na Copa. Na posição dele, não só no Brasil, não tem ninguém jogando igual a ele no mundo. Nós sempre fomos muito amigos desde a seleção sub-20. Apesar de às vezes estarmos em países diferentes, mantivemos o contato muito próximo. Nosso pensamento é muito semelhante sobre o que devemos fazer para alcançarmos um bom nível e conquistar um espaço. Ele merece tudo o que ele está vivendo. Ninguém tem noção do quanto ele trabalha. A academia da casa dele é melhor do que de muitos clubes por aí (risos). Como aconteceu com ele, para quem se dedica muito e trabalha muito, o que é o meu caso também, as coisas aparecem mais cedo ou mais tarde".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos