Presidente do Atlético-MG diz que vive seu dia mais feliz no cargo

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Presidente saiu emocionado e teve seu nome gritado pela torcida que foi à sede do Galo

    Presidente saiu emocionado e teve seu nome gritado pela torcida que foi à sede do Galo

Passada a euforia pela aprovação do projeto pela construção do estádio do Atlético-MG, o presidente Daniel Nepomuceno atendeu os jornalistas na porta da sede administrativa do clube. Bastante emocionado, o dirigente revelou que vive o seu dia mais feliz desde que assumiu a função de presidente.

"Como presidente sim, porque meus meninos nasceram antes de eu ser presidente. Então é o dia mais feliz", declarou Daniel Nepomuceno, que chegou a se emocionar ao se lembrar do pai, o desembargador José Nepomuceno, falecido em 2011.

"Meu pai me ensinou que não é só torcer pelo Atlético, tem que comer o Atlético, frequentar o Atlético. Desde que eu nasci estou na sede e indo a campo. Tenho certeza que se não fosse ele, eu não teria calma. Ele diria: inventou de pegar esse pepino aos 36 anos e tem muito mais pela frente, vai entregando aos pouco seu trabalho", disse o dirigente, que assumiu o cargo em dezembro de 2014.

Importância do estádio

Comemorar muito. Estamos falando de uma história de 120 anos (109 anos) e agora não devemos nada para nenhum time do mundo. A arena mais moderna da história. A Arena MRV. Torcida tem que comprar. Temos que falar dos nossos parceiros, o prefeito, o Ricardo. Não vou citar nomes porque o projeto é de toda a diretoria. Primeiro projeto de uma longa virada. Nossos filhos e netos vão olhar para esse estádio e ter ainda mais orgulho de ser atleticano.

Pessoas decisivas no processo

Eu não vou citar todos os nomes, mas o Alexandre (Kalil) é essencial para tudo. Tudo que é bom para o Atlético tem que ter a presença dele. Até quem foi contra foi muito importante, porque levantaram questões importantes e abriram nossos olhos para algumas coisas serem feitas.

O sonho do estádio próprio

Para ficar na história a realização de um sonho. Tem que ser muito corajoso para enfrentar um processo tão pesado. Que é pesado, quem está de fora não sabe o que é mexer no patrimônio do atleticano. Falamos: olha, vamos aumentar seu patrimônio. Não importa ser Diamond ou estádio, o atleticano sente que estão mexendo em algo dele. Foi o primeiro passo desse sonho, que está muito mais palpável.

Aumentando o patrimônio do clube

Emoção única. O Atlético, esse gigante. Nosso papel é cada vez maior. Um projeto de quatro anos que nunca viu uma reunião tão serena. Praticamente 95% das pessoas estudando e questionando, torcida na porta, conselheiro colocando nome. Estou emocionado pela seriedade que temos e o tamanho do Atlético. Trabalhar dentro de campo e também para os netos, bisnetos. Agora, em relação à sede, CT, estádio, não tem clube melhor para conquistar mais títulos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos