Votação no Atlético já tem parcial de 100 conselheiros a favor do estádio

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Divulgação/Atlético-MG

    Para ter projeto do estádio aprovado, Atlético precisa do "sim" de 260 conselheiros

    Para ter projeto do estádio aprovado, Atlético precisa do "sim" de 260 conselheiros

Desde as primeiras horas desta manhã de segunda-feira, o torcedor do Atlético-MG vive a expectativa de ver o projeto do estádio ser aprovado no clube. Convocados pelo presidente do conselho deliberativo, Rodolfo Gropen, os conselheiros terão até às 21h para comparecer à sede de Lourdes, na região centro-sul de Belo Horizonte, e votarem a favor ou contra a construção da nova casa alvinegra. Antes mesmo do fim da manhã, as primeiras parciais já apresentam números animadores para quem quer ver o Galo de casa nova.

Até às 11h, 115 conselheiros já compareceram à sede. Desses, 109 votaram a favor (94%) da construção da nova arena, enquanto outros seis foram contra. Dos 390 conselheiros aptos a votar, o Atlético precisa de 2/3 para ter o projeto aprovado, o que significa que 260 conselheiros devem votar "sim".

Nomes conhecidos da história do Atlético como Alexandre Kalil, ex-presidente do clube e atual prefeito de Belo Horizonte, assim como Ricardo Guimarães, também ex-presidente, e Antonio Anastasia, atual senador, já compareceram à sede e mostraram-se a favor de levantar o futuro estádio do Galo.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos