Após lesão e promessa, Alemão ganha projeto de titularidade no Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Lateral direito Alemão agradece apoio da torcida depois de voltar a jogar no Inter

    Lateral direito Alemão agradece apoio da torcida depois de voltar a jogar no Inter

Pode não ser no próximo jogo, no posterior ou até o fim do ano, mas o Inter não desistiu de  Alemão. Após a emocionante volta aos gramados no último sábado, quando após entrar no intervalo do jogo contra o Figueirense ele cruzou o campo de joelhos pagando promessa pelo retorno, o jogador só deu força ao projeto da direção do Inter, que o contratou como substituto de William.

Quando chegou, Alemão era visto como solução. A contratação aconteceu quando William ainda vivia litígio com o clube, tinha pedido para ser negociado e estava fora dos planos. Era o campeonato do ano passado pelo Botafogo que respaldava tanto apreço. O jogador disputou dez partidas e convenceu os cariocas a tentarem sua compra com o Bragantino. Só que o Colorado, atento ao crescimento, entrou na negociação e venceu a corrida.

Alemão assinou por três anos e sempre soube da sua importância. Porém, acabou afastado por lesões. A mais séria, o edema ósseo no pé direito, o tirou de qualquer atividade por cinco meses. E a volta foi apenas no último sábado.

"Você se sente um inválido quando não pode jogar. Vê seus companheiros indo treinar, voltando sorrindo, e você ali, numa maca. É muito ruim, horrível. Mas sempre confiei em Deus e tenho só que agradecer", disse emocionado depois do jogo.

O regresso reforçou o status que ele sempre teve junto aos cartolas e membros da comissão técnica. Alemão é considerado valioso e, antes de contratar um lateral direito para o ano que vem, a direção dará oportunidade a ele. Quer ver se ele conseguirá assumir o protagonismo planejado em sua chegada.

Comportamento rendeu elogios

Enquanto esteve afastado, Alemão jamais desistiu. O comportamento fora de campo também refletiu positivamente para ele no clube.

"É muito difícil este tipo de situação. Ele dizia que não queria ficar no departamento médico, que não é jogador deste tipo de conduta, que gostaria de ajudar, mas não podia. A gente sente quando é assim, quando o jogador tem este comportamento. Fico muito feliz por ele ter conseguido. Era uma lesão grave", disse o técnico Guto Ferreira.

"O Alemão é um jogador que sempre confiamos. É muito bom que possa voltar, recuperado de uma lesão grave", afirmou o vice de futebol Roberto Melo. A rotina do jogador se limitava a descanso. Entre idas e vindas, Alemão chegou a tentar retornar aos treinamentos, mas as dores o acompanharam. Precisou ficar fora novamente e cuidou-se ao máximo para voltar a atuar.

Claudio Winck firmado como titular, porém, não autorizará entrada imediata no time. Mas as oportunidades estão planejadas para que ele possa render o esperado. Não será 'arquivado' antes de qualquer teste e ainda tem a confiança vermelha.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos