22 chutes por gol no Bernabéu: Real menos efetivo em mais de uma década

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / GABRIEL BOUYS

    Cristiano Ronaldo contra o Betis: 12 finalizações, zero gols

    Cristiano Ronaldo contra o Betis: 12 finalizações, zero gols

A falta de aproveitamento do Real Madrid chutar a gol no Santiago Bernabéu atingiu níveis preocupantes após a derrota por 1 a 0 para o Betis. O jornal "As" realizou um levantamento que comprova que o clube da capital espanhola vive seu pior momento neste quesito na atual temporada.

Em três jogos no estádio, o clube marcou três gols. O que impressiona é a quantidade de tentativas para encontrar as redes, algo que os comandados de Zidane não fizeram contra o Betis. Foram 67 finalizações nestas três partidas, o que significa a necessidade de 22 chutes a gol para vencer o goleiro adversário.

A dificuldade em encontrar as redes tem um reflexo claro: dois empates e uma derrota em casa – e sete pontos de desvantagem para o líder do Barcelona. O desempenho ofensivo é o pior (de longe) em mais de uma década de Campeonato Espanhol.

A campanha mais próxima foi a de 2006/07, quando o Real Madrid precisava de nove finalizações para marcar.

A partida contra o Betis foi um exemplo desse problema. Ao todo, o Real Madrid chutou 27 vezes a gol (12 delas com Cristiano Ronaldo), mas ou parou no goleiro Adán ou errou na pontaria. O mau início de temporada começa a incomodar o clube, atual campeão da competição e da Liga dos Campeões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos