Após Chelsea, City é investigado pela Fifa por contratação de menores

Do UOL, em São Paulo

  • false

    O Manchester City também não poderá reforçar a base por dois anos

    O Manchester City também não poderá reforçar a base por dois anos

O Manchester City está sendo investigado pela Fifa pelo provável descumprimento dos regulamentos da federação internacional na contratação de jogadores menores de 18 anos de idade. O Chelsea também está passando pela averiguação pelo mesmo motivo.

A entidade máxima do futebol informou à "BBC" que a investigação está correndo. Enquanto isso, fontes do Manchester City disseram, também à "BBC", que não estão cientes de tais movimentações da Fifa.

A organização do Campeonato Inglês já multou o Manchester City por considerar errada a maneira que o clube contrata jovens para as categorias menores. A agremiação britânica, time de Gabriel Jesus, terá que pagar 300 mil libras (equivalente a R$ 1,2 milhão) e está impedida de reforçar a base.

Além de pagar o alto o valor, o Manchester City está proibido de contratar jogadores que atuam na Inglaterra para as categorias de base. Atletas estrangeiros ainda podem ser negociados pelo clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos