Árbitro de vídeo vai custar R$ 20 mi/ano e será bancado pela CBF na íntegra

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • EFE/EPA/MARIO CRUZ

    Árbitro aciona o vídeo na Copa das Confederações; CBF vai bancar recurso

    Árbitro aciona o vídeo na Copa das Confederações; CBF vai bancar recurso

A CBF ainda não sabe a data exata para implementar o árbitro de vídeo, mas já está ciente do custo para a utilização do recurso em jogos no Brasil: R$ 20 milhões por temporada. O valor é um pouco superior ao projetado inicialmente, quando a Confederação iniciou o grupo de estudos de olho na viabilização da ajuda aos juízes. O montante será bancado integralmente pela confederação, sem qualquer gasto extra aos cofres dos clubes que estiverem em campo, que só pagarão pelo juiz extra que ficará na cabine de TV.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras histórias exclusivas de bastidores do futebol, acesse a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos