Neymar disputa com Cristiano Ronaldo e Messi prêmio de melhor do mundo

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / OLIVIER MORIN

    Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo concorreram ao prêmio da Fifa em 2015

    Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo concorreram ao prêmio da Fifa em 2015

A Fifa informou nesta sexta-feira os três finalistas ao prêmio de melhor jogador do mundo. Cristiano Ronaldo, Lionel Messi e Neymar foram os selecionados ao "The Best". O anúncio do melhor atleta do planeta acontece no dia 23 de outubro, em cerimônia em Londres.

Reprodução
Ilustração postada por Neymar nas redes sociais
 
Neymar retorna ao prêmio Fifa após ficar ausente no ano passado. Em 2015, o atacante brasileiro disputou também com Messi e CR7, perdendo a disputa para o craque argentino.
 
Em 2016, Cristiano Ronaldo e Messi tiveram como concorrente o francês Antoine Griezmann. 
 
A conquista do inédito prêmio de melhor do mundo seduz Neymar. Além do alto investimento feito pelo PSG para tirá-lo do Barcelona (222 milhões de euros), Neymar via no clube parisiense a chance de ser a principal estrela, o que não acontecia no Barça. 
 
Messi coleciona cinco troféus de melhor do mundo. Cristiano tem quatro. Os dois, aliás, se alternam no topo da premiação desde 2008.
 
 
A definição do vencedor será feita da seguinte forma: 50% dos votos serão através de votação do público e 200 jornalistas. A outra metade conforme votação de técnicos e jogadores.
 
Antes de divulgar os três finalistas, a Fifa havia relacionado 24 atletas. Na pré-relação constava dois brasileiros: Neymar e Marcelo. 

Tite fica fora de premiação dos técnicos

Reprodução
'Prêmio Puskás' - Lista dos selecionados ao gol mais bonito do ano. Nenhum brasileiro na relação
 
Neste ano, a Fifa também dará medalha ao melhor goleiro. Neuer, Buffon e Navas disputarão a taça.
 
Pouco antes de apresentar os três finalistas à melhor jogador, a Fifa comunicou os três finalistas ao prêmio de melhor técnico do ano. Zinedine Zidane, Antonio Conte e Massimiliano Allegri disputarão o troféu. 
 
Na primeira lista, com vários técnicos, o técnico da seleção brasileira Tite estava na relação.
 
Além de melhor jogador, a Fifa selecionou os indicados ao prêmio de melhor atleta do mundo, melhor técnico de futebol feminino e o gol mais bonito. 
 

Prêmio Puskás sem brasileiro

Lançado em 2009, o prêmio dado ao gol mais bonito pela primeira vez não tem brasileiro relacionado. No ano passado, o atacante Marlone, então defendendo o Corinthians, concorreu à premiação, mas ficou em segundo lugar.
 
Wendell Lira, em 2015, e Neymar, em 2011, ganharam as edições de seus respectivos anos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos