Dorival duvida de crise no Corinthians: "Queria eu ter essa instabilidade"

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Divulgação/saopaulofc.net

    Dorival Júnior fará seu segundo clássico à frente do São Paulo

    Dorival Júnior fará seu segundo clássico à frente do São Paulo

O São Paulo, que vem de vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro, enfrenta o Corinthians, recém-eliminado da Copa Sul-Americana. O Tricolor, porém, não se engana. Sabe que a realidade do líder isolado da Série A não é de turbulência para o clássico marcado para as 11h deste domingo, no Morumbi. A pressão, segundo o técnico Dorival Júnior, ainda é maior para os são-paulinos, presentes na zona de rebaixamento.

"Eu queria viver essa instabilidade do Corinthians, líder do campeonato, com todos números favoráveis. Oscilação existe, mas nem de longe estará próxima daquelas que as outras equipes viveram. Eles ainda têm larga vantagem, tranquilidade para trabalhar e atuar. Será um confronto muito complicado. Como todo clássico, você não tem possibilidade de prever um resultado. Tudo pode acontecer", analisou o treinador.

Dorival ainda tem mais dois treinos para definir sua equipe titular - na tarde desta sexta-feira e na tarde deste sábado. Só não peça para o comandante tricolor passar alguma pista sobre a escalação. Jucilei e Cueva, por exemplo, brigam para recuperar um posto, enquanto Gómez e Lucas Fernandes correm risco de iniciar no banco de reservas. Dorival quer usar qualquer arma para sair vitorioso do Majestoso, desde o mistério sobre o time até tirar proveito do desgaste físico do Corinthians, que voltou na última quinta-feira da Argentina após jogo duro contra o Racing.

"Não vou adiantar nomes, me desculpem. É uma necessidade pelo campeonato. Existe um desgaste deles, mas é preciso ver se conseguiremos aproveitar. É preciso ver quem deles estará recuperado e as atitudes em campo, os caminhos que poderemos aproveitar contra uma grande equipe. A vitória terá um peso considerável, mas não nos salvará. Assim como não nos fará entrar em parafuso. O campeonato seguirá", projetou.

Expectativas para o clássico

"O time ainda não tenho a escalação, e não vou adiantar. Com relação ao Corinthians, é o líder e o time mais regular ao longo de toda a temporada. Com certeza teremos muita dificuldade, mas espero que o 
Corinthians também tenha pela forma como nossa equipe vem trabalhando e treinando. Estamos evoluindo gradativamente e espero que façamos um grande jogo. Temos tudo para isso".

Arana e o "ano perfeito" com título e queda do São Paulo

"A maior motivação é tirar o São Paulo dessa situação, vestindo uma camisa como essa. Nada pode ser maior do que isso. Toda declaração é importante, mas não pode ser superior à vontade e à gana em responder seu torcedor".

Visita do amigo e consultor Muricy Ramalho

"Muricy esteve aqui ontem e conversamos bastante com a comissão técnica. Depois ele almoçou com toda a diretoria e o presidente. É a casa dele, uma pessoa de histórica fantástica e maravilhosa. Tenho um respeito pelo profissional e pela pessoa que é".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos