Filho de Trump é convocado para jogar futebol por time de Washington

Do UOL, em São Paulo

  • Yuri Gripas/Reuters

Por essa ninguém esperava. Enquanto Estados Unidos e Coreia do Norte trocam discursos, cartas e ameaças, sempre por meio dos líderes Donald Trump e Kim Jong-un, o filho mais novo do presidente norte-americano se prepara para uma partida de futebol.

Não se trata do futebol americano, mas do esporte amado por brasileiros, europeus e pelo próprio Barron Trump. Aos 11 anos, o filho do republicano é fanático pelo Arsenal, da Inglaterra, e pelo DC United, time de Washington que defenderá neste sábado (23).

A partida contra o PA Classics, clube do estado da Pensilvânia, ocorrerá no estádio RFK, na capital dos EUA, e será válida pela categoria sub-12 do torneio organizado pela US Soccer Development Academy.

reprodução/DC United

Segundo o site oficial da entidade, Barron Trump veste a camisa 81 e, com ela, já disputou quatro jogos como meio-campista do DC United na temporada 2017/2018 – não há qualquer registro anterior a isso.

Barron é o filho mais jovem de Donald Trump e o único que o atual presidente dos Estados Unidos teve com a primeira-dama Melania. Os outros quatro herdeiros dele são provenientes de outros casamentos: Donald Trump Junior, Ivanka, Eric e Tiffany.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos