Efeito Neymar. Procura triplica e escolinha do PSG prevê crescer 150%

Felipe Pereira

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Inauguração de escolinha do PSG em São Paulo

    Inauguração de escolinha do PSG em São Paulo

A contratação de Neymar fez a escolinha de futebol do PSG acelerar o programa de expansão no Brasil. O país já é o segundo no mundo com mais unidades - atrás somente da França. A quarta escolinha foi inaugurada neste sábado (23) em São Paulo.

A previsão é saltar dos atuais 800 alunos no Brasil para 2 mil no final do próximo ano, diz o sócio-diretor, o francês François Marot. Ele acrescenta que o aumento do interesse não ocorre somente no país natal de Neymar.

"Acelerou a expansão da PSG Academy completamente. No Brasil e no mundo. O time usa a imagem dele em todos os países", declarou o sócio-diretor.

Mas ele ressalta que o impacto é maior no Brasil. A escolinha do PSG é uma franquia e o número de interessados triplicou. François conta que eram cinco sondagens por semana até a contratação, agora são 15. O executivo diz que a maneira de lidar com o boom foi discutida com Paris Saint-Germain.

"Decidimos manter o cronograma inicial de cinco inaugurações por ano para preservar a qualidade do serviço, a experiência PSG e não banalizar a marca".

Com a estratégia, conseguir uma franquia complicou, pois há interessados em capitais de todas as regiões do país, relata François Marot. O clube empresta o nome a escolinhas do Brasil desde 2013 e, atualmente, há três escolinhas no Rio de Janeiro e uma em São Paulo - a que passou a funcionar neste sábado. Elas atendem pessoas entre cinco e 19 anos.

Divulgação

Pelo negócio e pelo clubismo

François afirma que torceu muito para que a contratação de Neymar ocorresse. Além de impulsionar as escolinhas, seria um grande reforço para o time do coração. Ele, que se diz um volante num "nível bem amador", celebra que Neymar virou o garoto-propaganda do PSG para o mundo.

Acrescenta que, seja nas unidades dos Estados Unidos ou Índia, o rosto que aparece é o do atacante brasileiro. O sócio-diretor explica que não importa o continente, os alunos fazem os mesmos treinos desenvolvido pelo Paris Saint-Germain. Ressalta que a cada ano cerca de 25 unidades vão a França jogar a Paris Cup.

Seja no bolso ou em campo, o efeito Neymar é comemorado nas unidades brasileiras da escolinha. "A contratação virou oportunidade para gente e o PSG".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos