Jogador do Barcelona conta que mulher o "salvou" de atentado terrorista

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

Um jogador do Barcelona escapou por pouco do atentado que ocorreu em Barcelona em agosto, quando um caminhão atropelou e matou pessoas em um dos pontos turísticos da cidade catalã. Ivan Rakitic contou que só não estava no local por ter escutado sua mulher.

"Eu fiquei perto do atentado de Barcelona. Fui ao centro com a minha família e estávamos preparados para ir ao lugar do ataque. Eu queria ir, mas minha mulher  disse que estava fazendo um dia bonito e que era melhor para as minhas filhas irem ao parque brincar fora da nossa casa. Graças a Deus eu a escutei", contou. 

Rakitic é casado com Raquel Mauri. Foi ela quem "salvou" a família da tragédia.

"Estávamos a três ou quatro minutos do lugar onde aconteceu aquele horror. Nós sentamos no carro e fomos para casa, quando o celular começou a tocar. A família e os amigos estavam ligando pra saber como estávamos. O ataque aconteceu nesse momento", explicou Rakitic em entrevista a 24sata.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos