Maycon diz que Gabriel sofre por gesto em clássico e reclama de são-paulino

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Maycon forma dupla de volantes do Corinthians com Gabriel

    Maycon forma dupla de volantes do Corinthians com Gabriel

O volante corintiano Maycon, parceiro de Gabriel no meio-campo, declarou nesta quarta-feira que o episódio no clássico com o São Paulo tem feito o colega "sofrer muito". Em entrevista coletiva, o jovem ainda se recordou de outro duelo com os são-paulinos no começo da temporada, quando o então zagueiro tricolor Maicon imitou uma galinha para provar corintianos e não foi punido.  

"O que o Maicon fez se justifica? Como o Corinthians e o Gabriel vão justificar? Acontecem situações que não são justificáveis. O Maicon não pediu desculpa, não teve punição, disse que era uma comemoração dele. São coisas que acontecem e temos que passar por cima", afirmou o corintiano Maycon, quase xará do hoje zagueiro do Galatasaray-TUR.  

"O que aconteceu o Gabriel sabe. Ele é um garoto bom e está sofrendo muito pelo que ocorreu domingo, também por coisas que vão além do futebol. Ele vai ser julgado, tomara que não pegue seis jogos e sim menos, se possível nenhum. Aconteceu isso no São Paulo e eles não tomaram punição. É um jogador importante no nosso esquema, de confiança dos jogadores e da posição. Mas se acontecer algo a gente tem como suprir", comentou ainda Maycon. 

O jovem jogador, de 20 anos, ainda analisou a queda do desempenho do Corinthians desde o fim do primeiro turno. Em seis jogos no returno, os corintianos só conseguiram vencer Chapecoense e Vasco, com direito a gol irregular neste confronto. 

"Nossa equipe não entrar concentrada é algo difícil. A vontade e concentração do nosso time foram o que a torcida, a comissão e nós mesmos jogadores esperamos. Se cobra muito porque o resultado talvez não tenha, mas tudo isso [concentração] tem que ser muito alto. Podemos vencer, mas buscamos o desempenho sempre. Não estamos entrando com aquela concentração, com aquela vontade do começo do ano e do primeiro turno. Estamos tentando melhorar nos treinos", avaliou. 

Questionado ainda sobre o Cruzeiro, rival do próximo domingo e que decide a Copa do Brasil com o Flamengo nesta quarta, Maycon não quis fazer previsões. Ele se negou a analisar o que seria mais positivo para os corintianos como resultado na final desta noite. "Prefiro pegar o Corinthians concentrado, focado e sem erros de passe. Campeões ou não, será um jogo difícil e os jogadores que forem vão mostrar trabalho", disse. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos