Após Mané, jogador de 18 anos do Liverpool é alvo de ofensas racistas

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Liverpool

Enquanto Sadio Mané sofria ofensas racistas durante a partida do Liverpool contra o Spartak Moscou pela Liga dos Campeões na última terça (26), um outro jogador da equipe inglesa passava pelo mesmo, mas pela Liga dos Campeões dos jovens jogadores. Trata-se de Bobby Adekanye, de 18 anos, que atua pelo sub-23 d o clube.

De acordo com a rede britânica BBC, o lateral foi alvo de ofensas racistas durante a partida também contra o Spartak Moscou pela Liga. A torcida gritou cânticos ofensivos quando Bobby entrou em campo no começo do segundo tempo.

O Liverpool pedirá à Uefa para que investigue o caso, assim como fará com a situação de Sadio Mané. Segundo a BBC, a entidade europeia ainda aguarda por novos relatórios sobre o assunto.

O caso de Mané foi parecido. Os incidentes ocorreram desde o primeiro tempo da partida na capital russa. O senegalês chegou a pedir que a torcida parasse com a atitude na comemoração do gol de empate do Liverpool, marcado por Philippe Coutinho após uma tabela com Mané, mas não adiantou. 

Bobby Adekanye é nigeriano e chegou ao Liverpool em 2015, depois de período nas categorias de base do Barcelona.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos