Zagueiro do Galo culpa assessor por desejar boa sorte a goleiro do Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Gabriel comenta situação em que desejou boa sorte ao Cruzeiro pelo Twitter

    Gabriel comenta situação em que desejou boa sorte ao Cruzeiro pelo Twitter

Minutos antes do compromisso entre Cruzeiro e Flamengo pela final da Copa do Brasil, um fato chamou a atenção. Gabriel desejou boa sorte a Lucas França, terceiro goleiro do Cruzeiro, na decisão do torneio.

A mensagem do zagueiro gerou revolta por parte da torcida do Atlético-MG. Nesta quinta-feira (28), o defensor explicou o que houve e revelou até que demitiu os responsáveis por sua imagem:

"Foi um ato que aconteceu e eu não sabia de nada. Mas infelizmente aconteceu, já está tudo resolvido. Não trabalho mais com o pessoal dessa assessoria. Infelizmente, foi um erro muito grave, que pode prejudicar", revelou em entrevista coletiva.

O UOL Esporte tentou contato com a empresa responsável por trabalhar com o atleta, mas não obteve resposta.

O defensor revela que Marcos Rocha foi quem contou a ele o ocorrido: "Eu estava voltando de BH, pois eu tinha levado minha namorada para fazer um trabalho de faculdade. O (Marcos) Rocha tinha mandado uma foto no grupo, e em seguida uma mensagem do Domênico (Bhering, diretor de futebol interino). Depois, olhei a foto, vi aquilo. Não sabia, estava na BR".

O problema de Gabriel começou na noite de quarta-feira. O perfil do atleta escreveu a seguinte mensagem:  "Boa sorte, Lucas França!". Na sequência, o atleta postou: "Acabaram hackeando meu Twitter. Situação resolvida! #AquiÉGalo". Minutos mais tarde, uma mensagem apareceu:  "Aviso: Infelizmente, meu Twitter foi invadido. Todas as medidas já foram tomadas. Lamento e espero que atos assim não voltem a se repetir!".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos