Maradona acusa filhas de esconder R$ 5,7 milhões e aciona a Justiça, diz TV

Do UOL, em São Paulo

  • AFP

    Maradona e suas filhas Dalma (à esquerda) e Giannina (à direita)

    Maradona e suas filhas Dalma (à esquerda) e Giannina (à direita)

O técnico Diego Armando Maradona denunciou duas filhas na Justiça alegando que elas esconderam dinheiro em um banco no Uruguai. De acordo com a "America TV", o ex-jogador acusa as filhas Dalma, de 30 anos e Gianinna Maradona, 28 anos, de evasão de divisas. Elas teriam levado para o exterior US$ 1,8 milhão (R$ 5,7 milhões).

Maradona acusa sua ex-mulher Claudia Villafañe de usar as duas filhas para esconder o dinheiro no Uruguai. O objetivo seria não declarar o rendimento ao fisco argentino.

Em documento, Maradona pede para que a Justiça da Argentina consiga aval com as autoridades uruguaias para rastrear possíveis as movimentações financeiras no país.

Maradona teria contratado um detetive para acompanhar as duas filhas nas viagens ao exterior.

"Digo a todos que não terei medo. Eu sempre dou a cara. É uma luta contra quem nos roubam, doa a quem doer. Não sei onde está o problema. Se não tem nada a ocultar, que diga isso no Tribunal", escreveu Maradona, nas redes sociais.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos