Meia francês entra com processo trabalhista contra o PSG

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Site PSG

    Ben Arfa em sua apresentação oficial no PSG, em agosto de 2016

    Ben Arfa em sua apresentação oficial no PSG, em agosto de 2016

De acordo com reportagem do jornal francês "L'Equipe", Hatem Ben Arfa entrou com um processo trabalhista contra o Paris Saint-Germain. O meia francês de 30 anos de idade acredita que o clube não está oferecendo a ele as condições adequadas de trabalho.

Advogado de Ben Arfa, Jean-Jacques Bertrand foi à Comissão de Assuntos Jurídicos da Liga de Futebol Profissional (LFP) da França depois de saber que seu cliente foi comunicado de que treinaria com a equipe reserva do PSG nessa sexta-feira (29).

"Nós entramos com uma medida de discriminação notória contra um jogador de força de trabalho profissional. Pedimos que o clube respeite suas obrigações. Lá, há uma forte destituição das condições de trabalho de Hatem", declarou Bertrand.

O incidente é mais um capítulo da má relação entre Ben Arfa e o PSG. Em agosto, o agente o jogador fez ameaças ao clube, que tentou se desfazer do meia durante a janela de transferências.

Ben Arfa foi contratado pelo PSG em agosto do ano passado. O jogador assinou contrato que prevê pagamento de sete milhões de euros (cerca de R$ 26,3 milhões) anuais.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos