Neymar ganha briga por pênaltis do PSG e brilha em goleada sobre o Bordeaux

Do UOL, em São Paulo

Não está fácil parar o Paris Saint-Germain na temporada do Campeonato Francês. Neste sábado, com mais um show de Neymar, a equipe da capital venceu o Bordeaux por 6 a 2, em confronto válido pela 8ª rodada. Foram cinco gols somente no primeiro tempo, sendo dois do astro brasileiro. Com o resultado, a milionária equipe europeia abriu vantagem na liderança da competição.

Agora o PSG soma 22 pontos na classificação, três a mais em relação ao atual campeão Monaco, que na sexta-feira tropeçou em casa, empatando por 1 a 1 com o Montpellier. Já o Bordeaux segue com 15 pontos. 

Destaque em campo, Neymar voltou ao time nesta rodada, já que havia sido poupado no compromisso anterior, quando o PSG empatou sem gols com o Montpellier fora de casa. No entanto, o brasileiro participou normalmente de partida na Liga dos Campeões no meio de semana. 

Neymar é o novo batedor de pênaltis do PSG

O mistério sobre quem bate os pênaltis do PSG aparentemente está resolvido. Neste sábado, o time da capital contou com um pênalti no final do primeiro tempo. Desta vez não houve disputa pela bola – o brasileiro Neymar foi para a cobrança e converteu.

Aos 40 minutos do primeiro tempo, Neymar executou sua tradicional paradinha e mandou para as redes do goleiro Costil, anotando pela segunda vez na partida. Na comemoração, o primeiro abraço que o brasileiro ganhou veio justamente de Cavani, antigo cobrador oficial de pênaltis do PSG.

Nas últimas semanas, Neymar e Cavani se estranharam em campo em algumas ocasiões, em situações de bola parada, tanto em pênaltis como em faltas. O uruguaio se recusou a ceder o privilégio das cobranças, em ruído que gerou uma pequena crise na equipe. No entanto, nos últimos dias o técnico Unai Emery anunciou que a decisão sobre o cobrador oficial havia sido decidida internamente, mas evitou tornar pública a definição.

Golaço de falta logo no início

Em apenas 21 minutos, o PSG já havia anotado três vezes na partida. O primeiro saiu com Neymar, aos 4min, através de uma cobrança de falta precisa, de longa distância, que acertou o ângulo direito do goleiro Costil. Um golaço!

Assistência de Neymar para Cavani

Instantes depois o brasileiro ofereceu sua quinta assistência na temporada do Campeonato Francês, ao servir Edinson Cavani em passe vertical. Na comemoração, Neymar e o uruguaio trocaram um abraço e mais uma vez amenizaram a controvérsia sobre a rivalidade no elenco.

Massacre antes do intervalo

O PSG, que vinha de vitória sobre o Bayern na Liga dos Campeões, no meio de semana, ainda anotou mais três vezes antes do intervalo, com Meunier, com o pênalti de Neymar e finalmente com Draxler. Sankharé descontou para os visitantes.

Mbappé fez o seu no segundo tempo

Após uma grande atuação contra o Bayern de Munique no meio de semana, a revelação do futebol francês voltou a aparecer bem neste sábado. Mbappé anotou o sexto gol do PSG no começo da segunda etapa, após receber uma boa infiltração de Draxler. 

Daniel Alves e Thiago Silva no banco

Neste sábado, Unai Emery decidiu pela escalação do alemão Draxler entre os titulares. Por outro lado, o treinador espanhol optou por preservar algumas peças mais experientes do elenco. Assim, os brasileiros Thiago Silva e Daniel Alves começaram a partida no banco de reservas.

Brasileiros em campo pelo Bordeaux
AFP PHOTO / CHRISTOPHE SIMON

O Bordeaux começou a partida com dois brasileiros em campo, o atacante Malcom (ex-Corinthians) e o volante Otávio (ex-Atlético-PR). Ambos tiveram atuação esforçada na derrota deste sábado no Parque dos Príncipes. No segundo tempo, Jonathan Cafu (ex-São Paulo e Ponte Preta) também participou do jogo, sofrendo um pênalti - convertido por Malcom.

O ex-corintiano atravessa grande momento no futebol europeu e, durante a semana, acertou a extensão contratual com o Bordeaux até junho de 2021. Aos 19 anos, Malcom vem de uma bem-sucedida temporada de estreia no time francês.

Homenagem ao brasileiro Christian

Antes do jogo deste sábado, o ex-jogador Christian foi homenageado no estádio Parque dos Príncipes. O antigo atacante de Inter, Grêmio, Palmeiras e Corinthians defendeu o PSG entre 1999 e 2001, anotando 28 gols. O brasileiro também atuou pelo Bordeaux em sua passagem pela França.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos