Casa de meia do Grêmio pega fogo. Família não ficou ferida

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

  • Rodrigo Fatturi/Divulgação Grêmio

O domingo foi de extremos na vida de Jean Pyerre, 19 anos. O meia do Grêmio entrou no segundo tempo do jogo diante do Fluminense, a primeira atuação ao lado dos titulares, mas ao voltar para casa foi surpreendido: a residência, na cidade de Alvorada – região metropolitana de Porto Alegre, havia sido tomada pelo fogo. O incêndio não deixou feridos.

A casa estava desabitada quando as labaredas começaram. Jean Pyerre foi acompanhado pelo pai e o irmão no domingo. Ao voltarem, eles tentaram ingressar no local em busca da mãe do jogador. Ela também não estava na residência e escapou do incidente.

O incêndio consumiu praticamente todos os itens que estavam distribuídos pelos cômodos. Em contato com a diretoria do Grêmio, Jean Pyerre relatou que os familiares passam bem.

A direção do Grêmio está auxiliando a família e deverá ajudar na reposição das perdas, se o valor for considerável.

No Grêmio desde os 9 anos, Jean Pyerre tem sido apontado como um dos nomes mais destacados da base do clube nas últimas temporadas. Opção no grupo principal em recentes rodadas do Campeonato Brasileiro, foi a campo no último domingo e faz parte de um grupo de jovens que tem recebido acompanhamento especial do elenco dirigido por Renato Gaúcho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos