Piqué cita tiros da polícia em referendo e ironiza autoridades da Catalunha

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Piqué é bem ativo na defesa do referendo pela independência da Catalunha

    Piqué é bem ativo na defesa do referendo pela independência da Catalunha

Na concentração da seleção espanhola em Las Rozas, Gerard Piqué está muito mexido com os eventos sobre o referendo da Catalunha. O jogador foi às redes sociais para criticar o comportamento das autoridades com os manifestantes.

O zagueiro do Barcelona publicou um vídeo em sua conta no Twitter no qual a polícia atira nas pessoas que estão se manifestando de forma pacífica. Na legenda da publicação, Piqué colocou ironizou uma fala das autoridades: "Atuamos com profissionalismo e de modo proporcional".

Bem ativo na defesa do referendo pela independência da Catalunha, o zagueiro Gerard Piqué, do Barcelona, disse no último domingo (1º) que pode deixar a seleção espanhola antes de 2018, ano estipulado por ele, anteriormente, como o último na equipe nacional.

Atletas da seleção da Espanha defenderam Piqué. "O compromisso dele conosco é impecável. Todo mundo é livre para defender seja lá o que quiser, estamos falando de um jogador importante", disse Pedro.
"Todo mundo tem seus pensamentos e é livre para dizer o que acredita", comentou Jonathan Vieira.

O dia foi tenso na Catalunha por causa do referendo sobre a sua independência. Segundo autoridades locais, foram registrados mais de 300 feridos em embates com a polícia, que chegou a usar balas de borracha contra alguns manifestantes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos