"Cara grande e de pele mais escura vai ser segurança no Brasil", diz Sidão

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Muito antes de defender o São Paulo, Sidão trabalhou como segurança em 2007

    Muito antes de defender o São Paulo, Sidão trabalhou como segurança em 2007

O goleiro Sidão falou da época em que trabalhou como segurança ainda no início de sua carreira como mostrou a reportagem do UOL nesta terça (03). O jogador explicou por que foi se aventurar em uma profissão bem diferente do futebol: foi a dificuldade de arrumar clubes. 

Em entrevista ao Seleção SporTV, o goleiro relembrou a passagem de sua vida. "Eu estava com 22 ou 23 anos. O futebol não me dava estabilidade e eu decidi tentar outra coisa. Eu fiz bicos de segurança. Cara grande e pele mais escura vai ser segurança no nosso país. Mas graças a Deus as coisas deram certo", comentou o jogador do São Paulo. 

O goleiro Sidão foi segurança em 2007 depois de passar por momentos difíceis com até calotes de clubes pequenos. O jogador do São Paulo foi segurança em uma pizzaria. 

Sidão ainda comemorou poder curtir a pausa do Brasileirão com o São Paulo fora da zona de rebaixamento. "Dá pra sair de casa. Eu estava no shopping com a minha esposa e agora dá pra ter vida social. Quando ta na zona a gente fica mais no privado até por respeito ao torcedor mesmo", disse. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos