Tite manda abraço a Muralha após polêmicas: "Pênalti é injusto e desumano"

Dassler Marques e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Teresópolis (RJ)

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

Tite chamou o meia Diego, do Flamengo, após o corte do jogador por questões médicas e mandou um recado especial. O técnico da seleção brasileira queria enviar sua solidariedade ao goleiro do Rubro-negro, Alex Muralha. O arqueiro foi alvo de questionamentos e polêmicas por conta da má fase, acentuado depois da final da Copa do Brasil, vencida pelo Cruzeiro nos pênaltis.

"Pedi para ele dar um abraço no Muralha e dizer que ele tem meu respaldo e respeito muito grande. Situações acontecem. Se eu pudesse, escolheria prorrogação, golden goal, qualquer coisa. Decisões de pênaltis são injustas e desumanas", disse Tite.

Antes da má fase de 2017, Muralha foi chamado pelo treinador para a seleção em duas convocações – quatro jogos – em 2016.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos