Pegos com paus e pedras, 47 atleticanos ficam fora da final em Londrina

Do UOL, em Belo Horizonte

Após uma longa viagem, que teve mais de 20 horas de duração e cerca de 1,1 mil quilômetros percorridos, um grupo de 47 torcedores do Atlético-MG vai ter de fazer o trajeto de volta sem conseguir ver o duelo com o Londrina, nesta quarta-feira, às 21h45, pela decisão da Copa da Primeira Liga. Esses torcedores foram pegos com paus e pedras, enquanto seguiam para o Estádio do Café, local da final.

A decisão foi da Polícia Militar do Paraná, que na tarde desta quarta recebeu uma denúncia anônima, como informou a Rádio Super Notícia, de Belo Horizonte. A PM paranaense fez uma revista no ônibus que conduzia os atleticanos para o estádio e encontrou pedras e vários pedaços de paus.

Por entender que esse grupo estava disposto a brigar com torcedores do Londrina, a Polícia Militar do Paraná determinou o retorno imediato desses atleticanos a Belo Horizonte. Para evitar que o grupo não cumpra o determinado ou até mesmo cause algum tipo de problema, o ônibus com esses atleticanos vai ser escoltado até a divisa do Paraná com São Paulo.

Ainda de acordo com informação da Rádio Super Notícia, um torcedor foi identificado como o organizador da caravana. Nesse caso, ele foi responsabilizado pela Polícia Militar e pode até responder criminalmente pelo ocorrido. O nome desse torcedor não foi divulgado.

Atlético e Londrina se enfrentam em jogo único, para decidir quem vai ser o campeão da segunda edição da Copa da Primeira Liga. Como fez melhor campanha, a equipe paranaense ganhou o direito de jogar diante de sua torcida. Mas a final não tem vantagem para nenhum lado. Quem vencer o jogo leva o troféu. Em caso de empate o campeão será conhecido na disputa de pênaltis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos