'Uma coisa pequena se transforma em furacão', diz Diego Alves sobre Fla

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    O goleiro Diego Alves durante treinamento do Flamengo no CT Ninho do Urubu

    O goleiro Diego Alves durante treinamento do Flamengo no CT Ninho do Urubu

De personalidade forte, o goleiro Diego Alves não costuma fugir das perguntas durante as entrevistas no Flamengo. Nesta quarta-feira (4), ele voltou a falar com os jornalistas. O tema principal, claro, foi a má fase do time, que perdeu a Copa do Brasil e apresentou uma queda no Campeonato Brasileiro.

Questionado sobre o aproveitamento do técnico Reinaldo Rueda, que ainda é inferior ao do antecessor Zé Ricardo, apesar de o Rubro-negro apresentar uma ideia de jogo, o camisa 1 deixou transparecer insatisfação com a dimensão dos temas no clube.

"Deixo com vocês [jornalistas] números, porcentagem de vitórias... São especialistas, fazem as críticas positivas e negativas. O Rueda chegou há pouco tempo e o trabalho ainda está no início. Isso leva tempo. Sabemos que, no Flamengo, uma coisa pequena se transforma em furacão", afirmou.

Marcello Zambrana/AGIF
O goleiro do Flamengo defendeu um pênalti na derrota recente para a Ponte Preta no BR
No comando do Rubro-negro, o técnico colombiano já disputou 13 jogos. Foram cinco vitórias, seis empates e duas derrotas, o que contabiliza o aproveitamento de 53% dos pontos disputados. Para Diego Alves, o trabalho do estrangeiro é elogiável.

"São praticamente dois meses de Rueda no Flamengo. É lógico que tem uma fase de adaptação. Ainda teve a sorte que alguns jogadores falam o idioma. Ele mesmo já consegue se expressar bem com algumas palavras em português. Percebemos o pensamento de estar sempre perto do jogador e dar confiança. É muito claro e direto com os atletas", comentou.

Em 7º lugar no Brasileirão, com 39 pontos, o Flamengo só volta a campo no dia 12 de outubro, quando tem pela frente o clássico contra o Fluminense, às 17h (de Brasília), no Maracanã. O Tricolor também será o adversário nas quartas de final da Copa Sul-Americana, dias 25 de outubro e 1º de novembro.

"Um clássico é diferente de tudo. Não tem essa de um time está embaixo e outro por cima. Temos alguns dias importantes pela frente para trabalhar. Vamos nos concentrar sobre o que precisamos fazer de melhor. São dias importantes para o time concentrar todas as forças", encerrou Diego Alves.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos