Argentina e Holanda encabeçam lista de grandes que podem ficar fora da Copa

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Marcos Brindicci

Com o Brasil classificado, as duas rodadas finais das Eliminatórias da Copa do Mundo servirão para Tite testar ainda mais sua equipe antes do Mundial. Um luxo que gigantes do futebol mundial não terão. A briga por uma vaga está disputadíssima e seleções tradicionais que correm o risco de ficar de fora do Mundial.

Na América do Sul e na Europa, grandes como Argentina, Holanda, Itália, Portugal, Uruguai e Chile terão que suar a camisa em dois jogos para chegar à Rússia. Confira a situação detalhada de todas as seleções. 

Impossível imaginar que Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, por exemplo, ainda correm risco de não irem para a Copa. A situação do jogador do Barcelona é ainda pior.

Argentina

A Argentina iria para a repescagem se a disputa terminasse hoje. É a posição que mais chama atenção na América do Sul. A vice-campeã de 2014 tem 24 pontos, em 5º lugar. Se a disputa terminasse hoje, Lionel Messi e companhia disputariam a repescagem contra a Nova Zelândia para tentar ir à Rússia.

O futuro está nas mãos de Messi. O próprio técnico da Argentina Jorge Sampaoli não economiza para jogar a responsabilidade no craque do time. "Dependemos de Messi para ter a ideia de jogo, para ver onde se movimentar em campo e para criar as jogadas encontrando os companheiros em diferentes momentos da partida", disse.

Faltando duas rodadas para o fim da disputa, a boa notícia aos argentinos é que terão confronto direto contra o Peru, quarto colocado com os mesmos 24 pontos. A equipe também enfrenta o Equador no dia 10 de outubro.

AP Photo/Paulo Duarte

Portugal

Campeã da Eurocopa e seleção do melhor jogador do mundo, Portugal vive situação indefinida na tabela europeia. É segundo colocado no grupo B com 21 pontos e pode precisar disputar a repescagem. No entanto, o melhor 2º colocado de todos os grupos se garante e hoje esse posto é justamente da equipe de Cristiano Ronaldo.

Holanda

Não é exagero dizer que a situação mais preocupante entre todas as seleções tradicionais é da Holanda. Com 13 pontos, está na 3ª colocação atrás de Suécia (16 pontos) e França (17). A chance da Holanda se classificar é vencer e torcer por maus resultados dos concorrentes. Uma vaga na repescagem parece "menos difícil" por conta do confronto direto contra a Suécia.

AFP PHOTO / CHRISTOPHE SIMON
Itália

Os tetracampeões mundiais são vice-líderes do grupo G, que tem a Espanha na primeira colocação. Os italianos têm 19 pontos e torcem por um tropeço de Portugal para conseguirem ir direto para a Copa do Mundo. Do contrário, terão de passar pela perigosa repescagem europeia.

Uruguai

Vice-líder na tabela de classificação com dez pontos a menos que o Brasil, o Uruguai é quem está mais de se confirmar na Copa, mas todo cuidado é pouco. Com 27 pontos, a equipe de Luis Suárez tem apenas três a mais que a Argentina, mostrando que abaixo da seleção brasileira tudo pode acontecer. No entanto, depender de si vale mais que qualquer coisa na situação atual.

Chile

Chile terá o Brasil pela frente nas Eliminatórias. Apesar de haver grandes chances da seleção brasileira entrar em campo na última rodada com um time misto para os testes de Tite, o time de Neymar e companhia é a equipe a ser batida atualmente na América do Sul, ainda mais em frente a sua torcida. O Chile estaria fora da Copa se a disputa terminasse hoje. O campeão da Copa América está em 6º lugar com 23 pontos.  

Para ficar de olho nos jogos:

Argentina: Peru (05/10) e Equador (10/10);
Uruguai: Venezuela (05/10) e Bolívia (10/10);
Chile: Equador (05/10) e Brasil (10/10);
Holanda: Belarus (07/10) e Suécia (10/10);
Itália: Macedônia (06/10) e Albânia (09/10);
Portugal: Andorra (07/10) e Suíça (10/10);

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos