Gabriel Jesus revela o que falou para o goleiro da Bolívia após empate

Do UOL, em São Paulo

Gabriel Jesus teve três chances de marcar para a seleção brasileira, mas parou nas defesas do goleiro boliviano Lampe. Depois do duelo, o atacante do Manchester City caminhou em direção ao arqueiro rival e falou algo ao pé do ouvido.

"Fu ali e falei parabéns pelas defesas", explicou ao "SporTV". "Foram três chances que não costumo errar. (Gols de) Cabeça ainda estou treinando, aprimorando, mas não posso errar".

O duelo terminou em empate sem gols na altitude de La Paz, na Bolívia. A partida era válida pela penúltima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo. O Brasil já está classificado para o Mundial, enquanto os bolivianos não têm mais chance de classificação.

"Senti um pouco de cansaço (por causa da altitude), primeira vez que jogo em uma altura assim. Mas conseguimos jogar, colocar em ritmo nosso futebol. Infelizmente, a bola não entrou jogo. É descansar para que no próximo jogo possamos fazer outro belo jogo e fazer os gols", continuou Gabriel Jesus, que atribuiu a dificuldade no domínio da bola às condições do gramado.

Na partida contra a Bolívia, o Brasil contava com sete jogadores pendurados. Apesar do alto número, nenhum deles recebeu o cartão amarelo que o suspenderia para o duelo contra o Chile, no Allianz Parque.

"Todo mundo estava consciente de que não poderia tomar cartão. Eu fiz de tudo para não tomar. Não queria tomar cartão para poder voltar à Arena", completou Gabriel Jesus, que atuou no Palmeiras antes de se transferir para o Manchester City.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos