Colega de Miranda no SP, Rodrigo Caio iguala marca do "ídolo" na seleção

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri / saopaulofc.net

    Miranda e Rodrigo Caio durante treino da seleção brasileira no CT da Barra Funda

    Miranda e Rodrigo Caio durante treino da seleção brasileira no CT da Barra Funda

Rodrigo Caio pôde reencontrar uma de suas referências na carreira. Chamado por Tite para integrar a seleção brasileira no jogo desta terça-feira, contra o Chile, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, no lugar do lesionado Thiago Silva, o zagueiro teve a oportunidade de trabalhar com Miranda, hoje na Internazionale-ITA. Coincidentemente, os dois ganharam projeção no futebol pelo São Paulo e agora somam sete convocações cada pela seleção principal enquanto defendiam o Tricolor. 

"É uma alegria muito grande poder igualar esta marca, porque o Miranda é uma referência para todos. Tive a honra de treinar com ele logo quando subi para o profissional, fizemos até um amistoso juntos antes de ele seguir para a Europa. Lembro disso até hoje. Fico feliz por fazer parte da seleção junto com ele, porque é um cara que admiro pelo caráter que tem, pela pessoa que é e por ser um grande jogador. É um grande orgulho para mim, fico feliz. Espero que a gente possa estar juntos por muito tempo", disse Rodrigo Caio.

Miranda estreou pelo Tricolor no dia 20 de setembro de 2006, na vitória sobre o São Caetano por 1 a 0. No período em que esteve no clube, foram 260 jogos (todos como titular): 148 vitórias, 60 empates, 52 derrotas e dez gols marcados. Sua despedida foi no dia 4 de maio de 2011, no triunfo sobre o Avaí, por 1 a 0.

"Fico feliz pelo Rodrigo Caio, e sei que ele vai bater esse número porque tem muita qualidade, é jovem e tem um potencial muito grande. Seguramente, o São Paulo e a seleção brasileira estão bem servidos de zagueiro", afirmou Miranda, que celebrou a chance de retornar ao CT tricolor

"É sempre especial voltar, porque fui feliz aqui e conquistei títulos. Receber o carinho de todos no clube é gratificante. Sempre que posso, visito o CT nas férias e mato a saudade dos amigos. Essa alegria de visitar o São Paulo mostra que deixei uma marca aqui. Vivi grandes momentos com a camisa do São Paulo e foi uma honra atuar pelo clube. Todas as vezes que vesti esta camisa dei o meu melhor e lutei", revelou Miranda, que é inspiração para Rodrigo Caio.

"O Miranda conquistou títulos no clube e o seu espaço na seleção. E espero ter uma carreira vitoriosa como a dele. Sou são-paulino desde a infância e tenho muito orgulho de vestir esta camisa. Ter a oportunidade de ser convocado mostra a grandeza do São Paulo. Fiquei ainda mais contente com a oportunidade de treinar no CT da Barra Funda com a seleção, porque é a minha casa. Passo mais tempo lá do que na minha própria casa. Foi gratificante. Agora, vamos com tudo em busca de uma vitória contra o Chile", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos