São Paulo aproveita o domingo sem Brasileirão para treinar finalização

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/Estadão Conteúdo

    Dorival Júnior comandou treino do São Paulo neste domingo, de manhã, no CT da Barra Funda

    Dorival Júnior comandou treino do São Paulo neste domingo, de manhã, no CT da Barra Funda

Mesmo com a pausa no Campeonato Brasileiro para a disputa das Eliminatórias da Copa do Mundo, o São Paulo aproveitou o fim de semana para trabalhar. O time treinou neste domingo de manhã, no CT da Barra Funda. De olho na preparação para o jogo contra o Atlético-MG, a ser realizado neste quarta-feira (11), Dorival Júnior deu ênfase à finalização. 

A atividade começou com um trabalho de fundamento técnico, quando os jogadores trabalharam chutes ao gol, de curta, média e longa distância. Na sequência, Dorival Júnior e seus auxiliares comandaram trabalhos táticos, divididos em três etapas. Na primeira delas, todos os atletas participaram simultaneamente. Na sequência, houve a redução das dimensões do campo e na última parte o comandante são-paulino dividiu o grupo entre a parte ofensiva e defensiva.

A dúvida do treinador é de quem deve entrar no lugar de Cueva, que serve à seleção peruana nas Eliminatórias. Jucilei e Jonatan Gomez aparecem como favoritos. Já na zaga, Bruno Alves deve ser o substituto do equatoriano Arboleda, que defende o seu país contra a Argentina. O elenco do São Paulo volta aos trabalhos na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. Após a atividade, os jogadores entram em regime de concentração para a partida contra o Atlético-MG. A delegação tricolor segue para Belo Horizonte na terça.

Na sequência do Brasileiro, o Tricolor vai encarar o Atlético-PR, no fim de semana, em casa. Como o Morumbi vai receber eventos e shows nas próximas semanas, o time mandará os próximos cinco duelos no Pacaembu. O clube terá de pagar até R$ 480 mil em aluguel. 

No caso, o contrato que o São Paulo tem de assinar para utilizar o estádio municipal prevê que em partidas realizadas durante o dia, 12% da renda serão destinados ao pagamento do aluguel. Já em jogos à noite, a taxa sobe para 15%, sendo em ambos os casos o valor limitado a R$ 96 mil. O acordo também prevê que o time treine na véspera de cada partida no estádio para que o elenco se acostume ao local. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos