Ele enfrenta Espanha hoje e foi apedrejado por torcida por defender colega

Do UOL, em São Paulo

  • Marcel Vincenti/UOL

A seleção de Israel enfrenta a Espanha nesta segunda-feira (9) pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. E entre os jogadores israelenses há uma história curiosa: o goleiro Rail Harush já foi apedrejado pela torcida ao defender um colega.

Em 2013, os torcedores do Beitar de Jerusalém ficaram irritados quando o atleta Zaur Sadaev marcou no jogo contra o Maccabi Netanya. Apesar de ter feito um gol para a própria equipe, os fãs ficaram descontentes porque ele era muçulmano e consideraram traição.

Capitão na época, Harush tratou de defender o companheiro de elenco: "Não importa sua raça ou religião, importa que nos ajude a vencer. Seremos bons anfitriões com ele", disse o goleiro.

O clima esquentou e a torcida apedrejou o goleiro em uma festa e o primeiro-ministro israelense teve que solicitar calma.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos