Veterano Juan elege Rodrigo Caio como melhor zagueiro do Brasil

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Érico Leonan/saopaulofc.net

    Rodrigo Caio está na sétima temporada como profissional do São Paulo

    Rodrigo Caio está na sétima temporada como profissional do São Paulo

Ídolo no Flamengo, onde é titular mesmo aos 38 anos, Juan fez carreira na Europa e também conquistou os torcedores da Roma. A relação com o clube italiano ficou estreita e o zagueiro que disputou as Copas do Mundo de 2006 e 2010 virou referência para fazer sobre jogadores de defesa. Assim, elogiou os compatriotas Juan Jesus e Leandro Castán e ainda apontou o são-paulino Rodrigo Caio como o melhor da posição em atividade no Brasil. No elenco principal do Tricolor desde 2011, o defensor é o recordista de jogos do atual elenco, com 242 atuações.

A referência a Rodrigo foi feita após a reportagem do jornal italiano Gazzetta dello Sport perguntar sobre quem é o melhor zagueiro na atualidade. Juan respondeu: "No Brasil, Rodrigo Caio, um jovem de seguro e grande futuro, convocado para a seleção. No mundo, Sergio Ramos é o melhor. Existem outros no mesmo nível, como Thiago Silva, Marquinhos e Hummels".

Nas últimas janelas de transferências europeias, o nome de Rodrigo Caio sempre esteve relacionado justamente à maior rival da Roma: a Lazio. Os italianos, no entanto, nunca chegaram perto dos valores pedidos pelo São Paulo. A multa do camisa 3 do Morumbi é estipulada em 18 milhões de euros. 

Por enquanto, a Roma conta com seis brasileiros: o goleiro Alisson, os laterais Emerson e Bruno Peres, os zagueiros Juan Jesus e Leandro Castán e o meia Gerson. "Juan conhece bem o futebol italiano, já adaptou seu estilo de jogo. Trouxe a experiência de um líder, do que viveu na Internazionale. É muito veloz e tem uma grande capacidade de recuperação. Castán teve um ótimo início, mas infelizmente a doença (tumor de três centímetros no cérebro) o atrapalhou. Espero que retorne ao nível anterior. É ótimo no contato físico, com um estilo diferente do Juan", analisou o flamenguista, que ainda exaltou o goleiro Alisson, titular da seleção brasileira.

"A Roma sempre teve uma boa tradição com os brasileiros. Alisson é um amigo com quem joguei por quase três anos no Internacional. Já dava para ver que tinha futuro. Tem tudo para ficar por anos na seleção brasileira, pela idade e potencial. Agora tem a chance de jogar com frequência, é rápido, bom tecnicamente e de grande personalidade", concluiu Juan, que defendeu a Roma entre 2007 e 2011.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos